EventsEventosPodcasts
Loader

Find Us

PUBLICIDADE

EUA congratulam-se com o anúncio sérvio de retirar militares da fronteira do Kosovo

Polícia do Kosovo faz buscas em restaurantes e prédios na parte dominada por sérvios, no norte da cidade etnicamente dividida de Mitrovica, Kosovo,  29 de setembrp de 2023
Polícia do Kosovo faz buscas em restaurantes e prédios na parte dominada por sérvios, no norte da cidade etnicamente dividida de Mitrovica, Kosovo, 29 de setembrp de 2023 Direitos de autor Radul Radovanovic/Copyright 2023 The AP. All rights reserved
Direitos de autor Radul Radovanovic/Copyright 2023 The AP. All rights reserved
De  Luis GuitaEuronews
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

EUA dizem que ainda não verificaram, de forma independente, o anúncio sérvio. O contigente militar sérvio terá sido reduzido para metade, o nível de tropas está agora no número normal de 4.500 soldados. Kosovo diz que o exército sérvio esteve envolvido no ataque a Banska. Belgrado nega.

PUBLICIDADE

Os Estados Unidos saúdam o anúncio da Sérvia de uma retirada da fronteira do Kosovo, após avisos de Washington, embora digam que não conseguiram verificar os movimentos das tropas.

"Vimos relatos de que a Sérvia retirou pessoal e equipamento militar da fronteira. Ainda não verificámos de forma independente e estamos à procura de mais confirmações. Mas, se for verdade, isso será um passo bem-vindo, algo que pedimos que acontecesse na semana passada e gostaríamos que eles tivessem dado esse passo,” afirmou o porta-voz do Departamento de Estado dos EUA, Matthew Miller.

O exército sérvio terá reduzido o número de tropas estacionadas na fronteira com o Kosovo para quase metade, sendo agora aproximadamente 4.500 militares.

A Sérvia nega relatos dos EUA e de outros países sobre um aumento militar em massa na sequência de um tiroteio, há mais de uma semana, que matou quatro pessoas e levantou receios de instabilidade na região volátil.

O chefe do Estado-Maior do Exército sérvio, general Milan Mojsilovic, disse, em conferência de imprensa, ter reduzido a presença militar perto de Kosovo depois de os EUA expressaram preocupação com o aumento de tropas.

 O General Milan Mojsilovic, confirmou que  "Em 25 de setembro o tamanho do contingente era de 8.350 homens. Não só para garantir a linha administrativa na zona de segurança terrestre, mas também os componentes das unidades que aí se localizam ou são implantados perto da linha administrativa"

A Sérvia nega que tenha treinado e armado o grupo de cerca de 30 homens envolvidos no tiroteio numa aldeia do norte do Kosovo, há mais de uma semana, onde morreram um agente da polícia do Kosovo e três insurgentes.

Na sequência da crise, A NATO anunciou, na semana passada, o reforço da força de manutenção da paz no Kosovo com cerca de 200 soldados britânicos

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Presidente da Câmara dos Representantes dos EUA destituído

PM do Kosovo saúda reforço militar da NATO nos Balcãs

Prisão preventiva para os três homens detidos no Kosovo após a morte de um polícia