EventsEventosPodcasts
Loader

Find Us

PUBLICIDADE

Prisão preventiva para os três homens detidos no Kosovo após a morte de um polícia

Membros da Unidade de Intervenção Especial da polícia do Kosovo escoltam um dos atiradores
Membros da Unidade de Intervenção Especial da polícia do Kosovo escoltam um dos atiradores Direitos de autor Visar Kryeziu/Copyright 2023 The AP. All rights reserved.
Direitos de autor Visar Kryeziu/Copyright 2023 The AP. All rights reserved.
De  Nara Madeira com AFP, AP
Publicado a
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Kosovo: Prisão preventiva para os três homens detidos após o ataque de domingo e a morte de um polícia. Dois deles acusados de "atos terroristas".

PUBLICIDADE

Ficam em prisão preventiva, durante 30 dias, os três homens detidos no Kosovo, na sequência dos atos de violência de domingo. São suspeitos de "crimes contra a ordem constitucional e a segurança da República do Kosovo". Uma informação avançada pela porta-voz do Tribunal de Pristina à Agência de notícias France Press. Dois deles foram já acusados de "atos terroristas".

As detenções surgem após a morte de um polícia durante uma patrulha perto da fronteira sérvia, no domingo.

Imagens de drone, divulgadas pelo ministério do Interior kosovar, mostravam o cerco a um mosteiro onde se refugiaram os atacantes. Quatro deles acabariam mortos, os restantes, mais de 20, continuam a monte.

Pristina acusa o vice-presidente do movimento "Lista Sérvia" , que representa muitos sérvios no Kosovo, de ter liderado o ataque do fim de semana.

Na terça-feira, num bairro de Mitrovica, no norte do Kosovo, onde vive grande parte da minoria sérvia kosovar, centenas de pessoas reuniram-se para homenagear os atiradores mortos. Em três outras cidades da região, registaram-se eventos semelhantes.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

EUA congratulam-se com o anúncio sérvio de retirar militares da fronteira do Kosovo

Albin Kurti apela a preenchimento do vazio de segurança no norte do Kosovo

UE deixa recado a Sérvia e Kosovo após mais uma aproximação falhada