EventsEventosPodcasts
Loader
Find Us
PUBLICIDADE

Zelenskyy diz que a Ucrânia vai responder ao ataque russo contra Kharkiv

Armazém dos correios em Kharkiv atingido por mísseis russos
Armazém dos correios em Kharkiv atingido por mísseis russos Direitos de autor Mohammed Asad/Copyright 2023The AP. All rights reserved
Direitos de autor Mohammed Asad/Copyright 2023The AP. All rights reserved
De  Luis GuitaEuronews com AFP, AP
Publicado a
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Zelenskyy diz que a Ucrânia vai responder ao ataque russo contra Kharkiv que atingiu armazém dos correios e provocou dezenas de vítimas, e reconhece que a situação na cidade oriental de Avdiivka é difícil.

PUBLICIDADE

A Ucrânia vai responder ao ataque russo com rockets que atingiu um armazém dos correios em Kharkiv e matou seis pessoas e feriu 17, disse o presidente Volodymyr Zelenskyy no seu discurso noturno no domingo.

Zelenskyy apresentou suas condolências à família e amigos dos falecidos.

Todas as vítimas eram funcionários dos correios e do serviço postal privado ucraniano Nova Poshta.

Em comunicado, Nova Poshta disse que a sirene de ataque aéreo soou momentos antes do ataque, deixando aqueles que estavam dentro do depósito sem tempo para chegarem ao abrigo.

De acordo com a procuradoria regional, as forças russas na região de Belgorod, que faz fronteira com a Ucrânia, dispararam mísseis S-300, dois dos quais atingiram o armazém.

“A operação de resgate foi concluída, a assistência necessária foi prestada a todas as vítimas. São 17 no total. Seis pessoas foram mortas neste ataque. As minhas condolências aos familiares e amigos dos falecidos. Definitivamente, responderemos a todas as manifestações russas de terror, e também a este ataque,” declarou o Presidente ucraniano Volodymyr Zelenskyy

“As vítimas, com idades entre 19 e 42 anos, foram atingidas por estilhaços das explosões”, revelou o governador da região de Kharkiv, Oleg Sinegoubov.

Algumas das vítimas estão hospitalizadas em estado grave.

"Como eles estão numa situação extremamente grave, estão em observação e aguardamos, se necessário, pelo momento para podermos levá-los, novamente, ao centro cirúrgico. Algumas pessoas apresentam lesões nos pulmões, intestinos, estômago, fígado e baço,” explicou o diretor médico do hospital, Ruslan Vragov.

Em torno da disputada cidade oriental de Avdiivka, as posições ucranianas permanecem "protegidas" mas a situação é “difícil” porque as forças russas estão a realizar numerosos ataques, revelou, no domingo o presidente ucraniano, Volodymyr Zelensky.

Avdyivka, uma cidade industrial, tem sido alvo de intensos ataques das tropas russas nas últimas semanas, que tentam cercá-la.

Em outras partes da região de Kharkiv, três pessoas ficaram feridas em bombardeamentos russos na cidade de Kupiansk.

Autoridades ucranianas no sul do país disseram, no domingo, que os militares russos tinham lançado um número recorde de bombas sobre a região de Kherson nas 24 horas anteriores.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Zelenskyy: "É provável que o alvo dos drones fosse a central nuclear de Khmelnytsky"

Rússia sem avanços significativos na região ucraniana de Avdiivka

Pelo menos seis feridos em ataque aéreo russo a zona residencial de Kostiantynivka