Dona do Facebook em tribunal por danos à saúde dos mais novos

Meta na mira da justiça norte-americana
Meta na mira da justiça norte-americana Direitos de autor LIONEL BONAVENTURE/AFP or licensors
De  Euronews
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Os subscritores do processo acusam a Meta de promover uma utilização compulsiva por parte das crianças e dos adolescentes

PUBLICIDADE

As redes sociais da Meta são prejudiciais para a saúde mental dos mais jovens. Essa é a opinião dos procuradores gerais de 33 estados norte-americananos que apresentaram uma queixa contra a casa-mãe do Facebook e do Instagram, no tribunal de Oakland, na Califórnia.

O processo, subscrito por estados democratas e republicanos, acusa a empresa de Mark Zuckerberg de enganar os jovens e de os incitar a utilizar as redes sociais de forma compulsiva. A companhia afirma que sempre tentou proteger os mais novos.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Bruxelas quer saber o que a Meta e o TikTok estão a fazer para mitigar conteúdos falsos violentos

Moderadores de conteúdos do Facebook apelidam o seu trabalho de "tortura” e avançam judicialmente

Casa mãe do Facebook vai despedir mais 11 mil trabalhadores