Amnistia de Sánchez leva mihares de pessoas em protesto às ruas de Madrid

"Não à Amnistia", lê-se em cartaz exibido durante protesto em Madrid, Espanha
"Não à Amnistia", lê-se em cartaz exibido durante protesto em Madrid, Espanha Direitos de autor Alvaro Barrientos/Copyright 2019 The AP. All rights reserved
De  Euronews
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Manifestação na capital espanhola contou com a presença de milhares de pessoas contra a amnistia aos separatistas catalães acordada pelo primeiro-ministro Pedro Sánchez.

PUBLICIDADE

Dezenas de milhares de pessoas responderam à convocatória da direita espanhola e, este sábado. manifestaram-se em Madrid contra a amnistia aos separatistas catalães. A medida foi anunciada pelo recentemente reeleito primeiro-ministro Pedro Sánchez, que, para ter apoio na liderança do executivo, renunciou a uma ação judicial.

Um cordão policial cortou o trânsito na A-6, uma das autoestradas de acesso à capital, impedindo um grande grupo de aceder ao Palácio da Moncloa, onde está sediado o governo.

A proposta de lei de amnistia já levou a uma série de protestos violentos na capital espanhola, em frente à sede do PSOE, o partido no poder.

Sánchez alega que o acordo pretende reatar a relação com a região da Catalunha, gravemente ferida após a tentativa ilegal de alcançar a independência através de um referendo, em 2017.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Lei de amnistia espanhola suscita debate aceso no Parlamento Europeu

Protestos em Madrid contra a amnistia aos independentistas catalães

Espanha: Parlamento Europeu debaterá legalidade de acordo de amnistia