Protestos em Madrid contra a amnistia aos independentistas catalães

Polícia dispersa manifestantes com gás lacrimogéneo
Polícia dispersa manifestantes com gás lacrimogéneo Direitos de autor Manu Fernandez/Copyright 2023 The AP. All rights reserved
De  euronews
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Manifestação juntou quatro mil pessoas junto à sede do PSOE em Madrid

PUBLICIDADE

A geringonça espanhola reabriu as portas do governo a Pedro Sánchez mas levou também milhares de pessoas para as ruas em protesto.

Em Madrid, a polícia recorreu a gás lacrimogéneo para dispersar os cerca de quatro mil manifestantes que fizeram ouvir o seu descontentamento junto à sede do PSOE. Pelo menos dez pessoas foram detidas e sete ficaram feridas sem gravidade.

Na origem dos protestos não está o regresso de Pedro Sánchez em si, mas a amnistia para os responsáveis pela tentativa de secessão da Catalunha, condição imposta pelos independentistas catalães para entrarem na coligação governamental de oito partidos.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Amnistia de Sánchez leva mihares de pessoas em protesto às ruas de Madrid

Agricultores espanhóis em protesto invadem centro de Madrid com centenas de tratores

Cem mil em Madrid contra amnistia para separatistas catalães