Cinco pessoas feridas num ataque com arma branca em Dublin

Local onde ocorreu o ataque em que cinco pessoas, incluindo três crianças ficaram feridas, em Dublin, na Irlanda
Local onde ocorreu o ataque em que cinco pessoas, incluindo três crianças ficaram feridas, em Dublin, na Irlanda Direitos de autor AP Photo
De  Euronews
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Na sequência do ataque, uma grande desordem pública eclodiu na cidade, com confrontos entre grupos e a polícia.

PUBLICIDADE

Cinco pessoas, incluindo três crianças, foram vítimas de um ataque com faca, em Dublin, a capital da Irlanda.

De acordo com a polícia irlandesa, trata-se de um "incidente grave". Uma mulher e uma das crianças estarão gravemente feridas. As vítimas foram enviadas para diferentes hospitais da cidade.

O atacante terá também ficado ferido e foi detido.

A polícia considera um homem entre os 40 e os 50 anos, o principal suspeito do caso e não está à procura de mais ninguém.

Vários transeuntes intervieram na rua logo após o início do ataque e subjugaram o suspeito, tiraram-lhe uma faca e atiraram-na para o outro lado da rua, numa área relvada perto do Jardim da Memória.

O incidente ocorreu fora do centro educativo Gaelscoil Coláiste Mhuire, na Parnell Square East, quando as crianças saíam da escola.

Confrontos nas ruas de Dublin

Na sequência do ataque, uma grande desordem pública eclodiu em Dublin, com confrontos entre grupos e a polícia na Parnell Street e O'Connell Street. Um agente da polícia ficou ferido e vários veículos da polícia danificados.

A Ministra da Justiça, Helen McEntee, apelou à “calma no centro da cidade enquanto os investigadores realizam o seu trabalho” e condenou os ataques aos agentes da polícia.

Um autocarro e um carro foram incendiados. Multidões reuniram-se ao pé do monumento O’Connell, no final da Parnell Square, com alguns fogos-de-artifício a serem disparados.

As autoridades irlandesas inicialmente descartaram um móbil terrorista, mas o comissário da Garda, a polícia da Irlanda, Drew Harris, mais tarde manteve todas as motivações possíveis em jogo.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Manifestação contra motins xenófobos em Dublin

34 detidos em protestos violentos em Dublin após esfaqueamento de crianças

As notícias do dia | 28 fevereiro 2024 - Noite