Dublin vive noite caótica após esfaqueamento junto a escola

Noite de violência em Dublin
Noite de violência em Dublin Direitos de autor Brian Lawless/PA
De  euronews
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Motins que se seguiram a ataque com arma branca resultaram em pilhagens e veículos incendiados

PUBLICIDADE

Veículos incendiados, lojas pilhadas, Dublin viveu uma noite caótica devido aos violentos protestos que se seguiram a um ataque com uma arma branca junto a uma escola.

Mais de 400 agentes foram destacados para tentar conter a violência nas ruas da capital irlandesa e a polícia revelou que procedeu a um número significativo de detenções.

As autoridades queixam-se da desinformação que circulou após o ataque e Drew Harris, Comissário da polícia local, lamentou a instrumentalização política:

"Temos uma fação de hooligans completamente lunáticos, movidos por uma ideologia de extrema-direita, com tendência para a desordem e para o envolvimento em violência grave".

O esfaqueamento provocou dois feridos graves, uma mulher e uma criança, existindo ainda duas crianças feridas sem gravidade.

O único suspeito, também ferido, foi detido. A polícia não revelou a identidade mas de acordo com a televisão pública da Irlanda, trata-se de um homem de origem estrangeira, que vive há vinte anos no país e tem nacionalidade irlandesa.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Manifestação contra motins xenófobos em Dublin

34 detidos em protestos violentos em Dublin após esfaqueamento de crianças

Cinco pessoas feridas num ataque com arma branca em Dublin