Extrema-direita define estratégia para as eleições europeias em Portugal

André Ventura e Marine Le Pen, na Assembleia da República, em Portugal
André Ventura e Marine Le Pen, na Assembleia da República, em Portugal Direitos de autor AP Photo/Armando Franca
De  Euronews
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Os representantes da extrema-direita europeia reuniram-se em Lisboa. Encontro organizado pelo Chega contou com a presença dos dirigentes políticos Tino Chrupalla (AfD) e Marine Le Pen (ex-União Nacional).

PUBLICIDADE

Portugal acolheu na sexta-feira um encontro de líderes da extrema-direita organizado pelo Chega. O grupo da família europeia Identidade e Democracia reuniu-se em Lisboa para discutir a agenda da direita radical e populista, a poucos meses das eleições para o Parlamento Europeu.

Os dois nomes mais sonantes- Tino Chrupalla, do partido Alternativa para a Alemanha, e Marine Le Pen, ex-presidente do União Nacional estiveram na Assembleia da República para uma conferência de imprensa, a convite do anfitrião André Ventura.

Sondagens recentes mostram uma subida do Chega nas intenções de voto para as próximas legislativas. Após a queda do governo, Portugal volta às urnas a 10 de março.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Sondagem exclusiva Euronews/Sol: PSD reduz vantagem sobre PS, mas direita pode formar maioria

Operação Influencer. Alegações do MP consideradas “vagas” mas há risco de decisões contraditórias

As cinco divergências do frente a frente entre Luís Montenegro e Pedro Nuno Santos