Arranca o despedimento anunciado de mais de 2700 trabalhadores da antiga Alitalia

Airbus A320 da Alitalia, 2009
Airbus A320 da Alitalia, 2009 Direitos de autor Antonio Calanni/2009 AP
De  Euronews
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

A Alitalia, cujo processo de insolvência arrancou em outubro de 2021, anunciou o despedimento de 2700 pessoas. Nova companhia aérea detida a 41% pela Lufthansa

PUBLICIDADE

A antiga companhia aérea de bandeira italiana, Alitalia, que se encontra em processo de insolvência desde outubro de 2021, anunciou ao governo e aos sindicatos "o início de um procedimento que determina, com pesar, despedimentos por redução de pessoal". Informação avançada pelo jornal jornal Repubblica, este sábado.

São afetados mais de 2.700 trabalhadores - 2.668 empregados que estavam em regime de lay-off temporário e 55 empregados da filial regional Alitalia Cityliner, que estavam na mesma situação.

Serão mantidos 172 funcionários até à última fase do processo de insolvência por serem indispensáveis. 

O desmantelamento da Alitalia começou em 2021, após inúmeras tentativas falhadas para manter a companhia aérea operacional.

Na passada quinta-feira, o governo de Giorgia Meloni tinha notificado, formalmente, a Comissão Europeia da operação que permitirá à companhia aérea alemã Lufthansa adquirir uma participação na Ita Airways, uma nova companhia aérea derivada da Alitalia.

O acordo com a Lufthansa foi concluído em maio passado. O grupo alemão de aviação comprometeu-se, com o Estado italiano, a adquirir uma participação de 41% na Ita Airways, para a qual procurava um parceiro há anos, por 325 milhões de euros.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

O último dia da Alitalia

Trabalhadores da Alitalia protestam

Bruxelas obriga Itália a recuperar 900 milhões de ajudas à Alitalia