EventsEventosPodcasts
Loader
Encontra-nos
PUBLICIDADE

Blinken debate fim do conflito em Gaza com autoridades israelitas

Esta é a quarta viagem de Blinken à região do Médio Oriente desde os ataques de 7 de outubro
Esta é a quarta viagem de Blinken à região do Médio Oriente desde os ataques de 7 de outubro Direitos de autor Evelyn Hockstein/AP
Direitos de autor Evelyn Hockstein/AP
De  Euronews
Publicado a
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

O secretário de Estado norte-americano esteve em Telavive, em missão diplomática, numa tentativa de evitar que a guerra entre Israel e o Hamas se torne um conflito regional mais abrangente.

PUBLICIDADE

Em missão diplomática pelo Médio Oriente, o secretário de Estado norte-americano, Anthony Blinken, esteve esta terça-feira reunido com autoridades israelitas, numa tentativa para travar o conflito e evitar o seu alastrar à região.

Em Telavive, o chefe da diplomacia dos Estados Unidos debateu com o primeiro-ministro Benjamin Netanyahu e o ministro dos Negócios Estrangeiros, Israel Katz, o cenário pós-guerra em Gaza.

Após visitar esta segunda-feira os Emirados Árabes Unidos e a Arábia Saudita, Blinken conseguiu garantir o apoio das nações árabes e da Turquia para a reconstrução de Gaza e espera agora conseguir o apoio israelita.

A pressão internacional por um cessar-fogo em Gaza também se faz ouvir de outra forma em Israel. Familiares dos reféns capturados pelo Hamas reclamam o fim da guerra antes da elaboração de qualquer possível plano para o futuro do território.

Contudo, não há perspetivas para um trégua no futuro imediato, com o exército israelita a empurrar o conflito cada vez mais para o sul de Gaza, onde agora se concentra a maioria da população palestiniana.

O número de palestinianos mortos em Gaza supera agora os 23 mil. Também o número de desalojados equivale quase a 85% da população do território.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Israel ataca processo movido pela África do Sul como "hipocrisia"

Ataque a edifício no centro de Gaza faz pelo menos 20 mortos

Blinken expressa apoio dos EUA para a criação de um Estado palestiniano