Suspeitos de ataque a igreja na Turquia detidos

Ataque a uma igreja católica em Istanbul
Ataque a uma igreja católica em Istanbul Direitos de autor AP/IHA
De  Euronews
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

As autoridades turcas detiveram duas pessoas suspeitas de atacar no domingo uma igreja católica em Istambul na Turquia. De acordo com o ministro do Interior turco, um é cidadão da Rússia e o outro do Tajiquistão, ambos membros do Estado Islâmico. Grupo terrorista reclamou autoria do ataque.

PUBLICIDADE

A polícia turca deteve os dois suspeitos do ataque a uma igreja católica em Istambul no domingo e que provocou um morto. Segundo o ministro do Interior da Turquia, um dos homens é de nacionalidade russa, enquanto o outro é natural do Tajiquistão. Foram apanhados em casa no decurso de uma busca policial.

Ambos fazem parte do Estado Islâmico, que entretanto já reclamou a autoria do ataque. Em comunicado, o grupo extremista refere que "atacou uma reunião de infiéis Cristãos durante a sua cerimónia politeísta" no interior da igreja de Santa Maria no bairro de Buyukdere, na capital turca. 

O comunicado do Estado Islâmico foi publicado na Aamaq, plataforma de média do grupo, estando acompanhado de fotografias dos dois homens armados, os quais são identificados como os autores do ataque. 

A 3 de janeiro deste ano, 25 alegados membros do Estado Islâmico foram detidos em vários pontos da Turquia, tendo sido acusados, segundo a agência estatal turca Anadolu, de planear ataques a igrejas e sinagogas.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Seis feridos em tentativa de ataque a tribunal em Istambul, atacantes foram abatidos

Estado Islâmico reivindica atentado no Paquistão

Grupo Estado Islâmico reivindica atentados suicidas