Israel intensifica ataques no centro e sul de Gaza, Blinken inicia nova digressão pelo Médio Oriente

Ataques israelitas continuam no centro e sul de Gaza
Ataques israelitas continuam no centro e sul de Gaza Direitos de autor AP screenshot video
De  Euronews
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Pelo menos sete pessoas foram mortas e 15 ficaram feridas na sequência de um ataque a uma residência em Deir al-Balah. Secretário de estado norte-americano, Antony Blinken, é esperado na Arábia Saudita para conversações sobre libertação de reféns e pausa humanitária.

PUBLICIDADE

Israel prossegue as investidas áreas sobre a Faixa de Gaza e a mais recente aconteceu em Deir al-Balah, no centro do território. 

Pelo menos sete civis foram mortos e 15 ficaram feridos após o ataque a uma casa. Foram várias as residências particulares atingidas, além de uma mesquita que ficou reduzida a fragmentos. 

O balanço pode ser ainda mais trágico, uma vez que há pessoas debaixo dos escombros.

O campo de refugiados de Nuseirat, cinco quilómetros a nordeste de Deir al-Balah, também foi alvo dos drones do exército israelita, que continua a tentar obrigar os palestinianos a fugirem para sul.

A situação é igualmente dramática no hospital al-Shifa, na cidade de Gaza. Segundo relatos de um repórter da Al Jazeera no local, pessoal médico, pacientes e deslocados vivem momentos de terror numa zona onde atiradores israelitas mataram pelo menos sete pessoas. 

Blinken faz quinta viagem ao Médio Oriente desde início da guerra

À medida que vão surgindo divisões no próprio governo isarealita sobre o desenrolar da guerra, o secretário de estado norte-americano é esperado esta segunda-feira na Arábia Saudita.

É a quinta viagem que Antony Blinken faz ao Médio Oriente desde que começou o conflito entre Israel e o Hamas. Segundo um porta-voz do Departamento de Estado norte-americano, Blinken vai estar focado em "esforços diplomáticos no sentido de um acordo que garanta a libertação de todos os reféns e uma pausa humanitária".

Uma trégua, acrescenta o Departamento de Estado, permitiria a chegada de mais ajuda humanitária aos civis em Gaza.

Blinken vai também estar no Egito, no Qatar, em Israel e na Cijordânia ocupada.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Israel estende campanha militar a Rafah, cidade mais a sul de Gaza

Israel e Hamas fazem cair por terra esperanças de Biden num cessar-fogo na próxima segunda-feira

Aumenta a escassez de alimentos em Gaza