Greta Thunberg junta-se a protesto contra construção de nova autoestrada em França

Greta Thunberg
Greta Thunberg Direitos de autor Fred Scheiber/Copyright 2024 The AP. All rights reserved
De  Euronews
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

A ativista climática Greta Thunberg juntou-se no sábado a um protesto proibido na França, onde a polícia disparou gás lacrimogéneo e fez prisões no dia anterior.

PUBLICIDADE

Thunberg juntou-se a uma delegação internacional que chegou no sábado a uma localidade perto de Toulouse.

O projeto de construção da autoestrada A69, com 53 quilómetros, visa “rasgar” uma zona rural o que está a levantar séria contestação por parte de ativistas ambientais e a dividir a classe política.

Apesar dos protestos, o governo está determinado em concluir a construção da A69, que reduzirá o tempo de viagem entre Toulouse e Castres em 20 minutos. A obra deve ser inaugurada em 2025.

Figura global na luta contra as mudanças climáticas, Greta Thunberg foi recentemente multada por um tribunal sueco devido a protestos que protagonizou no seu país.

A ativista está também a braços com a justiça inglesa, onde enfrentou o tribunal de Londres na semana passada.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Greta Thunberg retoma protestos após detenção

"Não vou desistir": Greta Thunberg enfrenta novo julgamento por protesto na Suécia

Greta Thunberg vai pagar multa por desobediência à polícia