Milhares de pessoas saem à rua na Europa para celebrar o Carnaval

Milhares de pessoas saem à rua na Europa para celebrar o Carnaval
Milhares de pessoas saem à rua na Europa para celebrar o Carnaval Direitos de autor Martin Meissner/Copyright 2024 The AP. All rights reserved
De  Euronews
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

O Carnaval tem enchido as ruas de vários países da Europa, com desfiles e muita música. Em Portugal, o mau tempo levou ao cancelamento de algumas festividades. Já na Alemanha, os desfiles destacam-se pela sátira política, enquanto que em Veneza predominam as máscaras elegantes e sofisticadas.

PUBLICIDADE

Milhares de pessoas saíram às ruas de vários países europeus para celebrar o Carnaval. Os últimos dias têm sido marcados pelos tradicionais desfiles, onde não falta animação, muita música e disfarces.

Em Portugal, o mau tempo levou ao cancelamento de vários desfiles, embora os festejos tenham continuado mesmo com chuva em alguns munícipios. É o caso de Ovar e Torres Vedras, onde seis carros alegóricos e milhares de pessoas mascaradas animaram as ruas da cidade.

Já na Alemanha, que considera a segunda-feira como o ponto alto do Carnaval ao invés da terça-feira, várias pessoas vestiram fatos coloridos e saíram para beber e desfilar no chamado Rosemonday. As principais festividades realizaram-se em Dusseldorf, Mainz e Colónia, consideradas as capitais do Carnaval alemão.

Em muitas regiões ocidentais da Alemanha, as escolas encerraram para que as crianças pudessem participar nas festas. Muitos dos desfiles apresentavam carros alegóricos que abordavam questões políticas mundiais com sarcasmo, recorrendo a representações de inúmeros líderes mundiais. Numa delas destacou-se o presidente da Ucrânia, Volodymyr Zelenskyy, que segurava um capacete com o símbolo da NATO.

A famosa festa de Veneza, em Itália, que durante dez dias é invadida por máscaras elaboradas e por milhares de visitantes de todo o mundo que se aglomeram para as admirar, não podia faltar no Carnaval europeu. O evento termina amanhã, dia 13 de fevereiro, com a proclamação do melhor disfarce na praça de São Marcos. Qualquer pessoa, independentemente da nacionalidade, pode participar no concurso, sendo que há quem gaste entre 200 e mil euros por dia para alugar uma máscara.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Escolas de samba já desfilam no Brasil

Carnaval regressa a Veneza e Viareggio por água e terra

Carnaval português aquecido pelo bom tempo