Zelenskyy e Scholz não esquecem Navalny

Volodymyr Zelenskyy e Olaf Scholz
Volodymyr Zelenskyy e Olaf Scholz Direitos de autor Markus Schreiber/Copyright 2024 The AP. All rights reserved.
De  Euronews
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Os dois líderes reforçaram a ideia repetida pela comunidade internacional: Vladimir Putin é responsável pela morte do seu principal opositor.

PUBLICIDADE

Em Berlim, numa conferência conjunta e depois da assinatura de um acordo bilateral de cooperação, o chancelar alemão e o presidente ucraniano lembraram a morte de Alexei Navalny

Os dois líderes reforçaram a ideia repetida pela comunidade internacional: Vladimir Putin é responsável pela morte do seu principal opositor.

"É óbvio que foi morto por Putin, tal como milhares de outros, atormentados e torturados, por causa desta única criatura. Putin não se importa com quem morre, apenas com o facto de manter a sua posição. É por isso que ele não deve ter nada para se agarrar . Putin tem de perder tudo e ser responsabilizado pelos seus atos", afirmouVolodymyr Zelenskyy.

"Mas agora sabemos exatamente de que tipo de regime se trata. Qualquer pessoa que expresse crítica, que defenda a democracia, deve temer pela sua segurança e pela sua vida. E é por isso que estamos todos muito deprimidos. Estamos com a família, a mulher os filhos e todos os parentes e amigos", declarou Olaf Scholz.

Os acordos com Berlim e Paris seguem-se a um acordo de segurança entre a Ucrânia e o Reino Unido, assinado durante a visita do primeiro-ministro britânico Rishi Sunak a Kiev, no mês passado. Trata-se de um forte sinal de apoio a longo prazo, numa altura em que Kiev procura reforçar o apoio ocidental.

Amanhã, Zelenskyy desloca-se à Conferência de Segurança de Munique, um encontro anual de altos responsáveis pela segurança e pela política externa, onde planeia reunir-se com a vice-presidente dos Estados Unidos.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Macron anuncia apoio de três mil milhões de euros à Ucrânia durante visita de Zelenskyy a Paris

Últimas imagens de Navalny foram captadas na quinta-feira durante audiência

Zelenskyy no Fórum dos Três Mares para consolidar apoio regional à Ucrânia