Zelenskyy na Albânia para cimeira com países do sudeste europeu

Volodymyr Zelenskyy com o primeiro-ministro albanês Edi Rama
Volodymyr Zelenskyy com o primeiro-ministro albanês Edi Rama Direitos de autor Armando Babani/AP
De  Euronews com AP
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Situação na Ucrânia e papel dos Balcãs Ocidentais são tema desta cimeira de dois dias que junta 11 países.

PUBLICIDADE

O Presidente da Ucrânia, Volodymyr Zelensky, chegou a Tirana, capital da Albânia, pela primeira vez, onde vai participar na cimeira dos países do sudeste da Europa, onde a situação na Ucrânia está em destaque.

Foram assinados vários acordos entre os governos albanês e ucraniano, no domínio da economia e da cooperação internacional. A cimeira de Tirana tem a duração de dois dias. Depois dos trabalhos desta quinta-feira, centrados na Ucrânia, sexta-feira, dia 29 de fevereiro, os trabalhos centrar-se-ão nos Balcãs Ocidentais.

Zelenskyy chamou ao primeiro-ministro albanês Edi Rama "amigo inabalável da Ucrânia" numa publicação no X (antigo Twitter), acrescentando que os dois iriam "discutir a defesa e a cooperação política, o apoio à Fórmula de Paz e os acordos de segurança".

Na cimeira participam onze países, três dos quais por via digital, assim como representantes da União Europeia e de outras instituições internacionais. A Albânia é membro da NATO desde 2009 e candidata à adesão à UE. Foi um dos primeiros países a oferecer ajuda aos refugiados ucranianos, desde a invasão russa em larga escala ocorrida em fevereiro de 2022.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Zelenskyy foi à Arábia Saudita procurar apoio para o plano de paz ucraniano

Grupo de Visegrado expõe divisões internas sobre a guerra na Ucrânia

Refugiados ucranianos e dissidentes russos protestaram contra invasão da Ucrânia em Berlim