Seis pessoas morrem atropeladas por camião numa operação Stop em Sevilha

Controlo policial
Controlo policial Direitos de autor Bob Edme/Copyright 2020 The AP.
De  Euronews
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Artigo publicado originalmente em espanhol

Autoridades acreditam que distração do condutor foi possível causa do acidente. O condutor do veículo articulado, ao receber sinais dos agentes, fez uma manobra "brusca".

PUBLICIDADE

Seis pessoas morreram atropeladas durante uma operação Stop em Sevilha esta terça-feira. Segundo testemunhos, o condutor de um camião desviou-se da faixa de rodagem, atingindo os três primeiros veículos  da Guardia Civile pelo menos dois outros veículos civis que tinham sido mandados parar pela polícia.

Pelo menos duas das vítimas mortais são agentes da Guardia Civil, de acordo com as primeiras informações.

O condutor do camião não acusou álcool nem estupefacientes

O condutor do camião, que foi detido, não sofreu ferimentos. Foi submetido a testes de despistagem de álcool e estupefacientes, mas todos os resultados foram negativos.

O acidente ocorreu ao início da manhã de terça-feira, pelas 4:40 - hora local, menos uma hora em Lisboa - num posto de controlo da Guarda Civil na Autoestrada 4, que liga Sevilha a Cádis, ao quilómetro 20, perto do município sevilhano de Los Palacios. O trânsito na autoestrada foi cortado ao quilómetro 24.

Três feridos graves

As autoridades estão já a investigar as causas do acidente. Há ainda trêsferidos graves, agentes da Guardia Civil, que foram transferidospara várias unidades hospitalares: Hospital Macarena, Hospital Universitário Nuestra Señora de Valme e Hospital de Rehabilitación y Traumatología Virgen del Rocio, em Sevilha.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Camião fica pendurado de uma ponte após acidente

Neerlandeses em choque com atropelamento perto de Roterdão

Choque entre camião e miniautocarro na Rússia