Autocarro cai de uma ponte na África do Sul e mata 45 pessoas

Um autocarro que transportava fiéis para uma festa de Páscoa caiu de uma ponte numa passagem de montanha e incendiou-se em Limpopo, na África do Sul,
Um autocarro que transportava fiéis para uma festa de Páscoa caiu de uma ponte numa passagem de montanha e incendiou-se em Limpopo, na África do Sul, Direitos de autor AP/AP
De  Euronews com AP
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied
Artigo publicado originalmente em inglês

Uma criança de 8 anos é a única sobrevivente e está a ser tratada a ferimentos graves.

PUBLICIDADE

Um autocarro que transportava fiéis para um festival de Páscoa caiu de uma ponte numa passagem de montanha e incendiou-se na África do Sul, na quinta-feira, matando pelo menos 45 pessoas.

O único sobrevivente do acidente foi uma menina de 8 anos, que está a receber cuidados médicos devido a ferimentos graves, segundo as autoridades da província de Limpopo, no norte do país.

O governo provincial do Limpopo disse que o autocarro se desviou da ponte de Mmamatlakala e mergulhou 50 metros numa ravina antes de se incendiar.

As operações de busca estavam em curso, disse o governo provincial, mas muitos corpos estavam queimados e ainda presos no interior do veículo.

As autoridades disseram acreditar que o autocarro viajava do país vizinho, Botsuana, para a cidade de Moria, onde se realiza uma popular peregrinação pascal.

O governo sul-africano adverte frequentemente os automobilistas para serem cautelosos durante as férias da Páscoa, que é uma altura particularmente movimentada e perigosa para as viagens rodoviárias.

No ano passado, mais de 200 pessoas morreram em acidentes rodoviários durante o fim de semana da Páscoa.

Apenas um dia antes do acidente com o autocarro, o Governo sul-africano apelou às pessoas para terem cuidado redobrado na quinta e na sexta-feira, devido ao elevado volume de viagens rodoviárias previstas para Moria.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Israel ataca processo movido pela África do Sul como "hipocrisia"

África do Sul argumenta com morte e fome na acusação de genocídio contra Israel

África do Sul conquista quarto mundial de râguebi ao derrotar Nova Zelândia na final