EventsEventos
Loader

Find Us

PUBLICIDADE

Fome em Gaza: Palestinianos aguardam desesperadamente pelo resultado das conversações no Cairo

Fome em Gaza
Fome em Gaza Direitos de autor John Minchillo/Copyright 2021 The AP. All rights reserved.
Direitos de autor John Minchillo/Copyright 2021 The AP. All rights reserved.
De  Euronews com AP
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Esperam-se novas conversações no Egipto entre o Hamas e Israel para chegar a um acordo sobre a libertação de reféns e um cessar-fogo. Entretanto, o Programa Alimentar Mundial alertou para a escassez de alimentos no norte da Faixa de Gaza.

PUBLICIDADE

Esperam-se progressos nas novas conversações no Cairo para chegar a um acordo entre o Hamas e Israel sobre a libertação dos reféns e um cessar-fogo. Entretanto, na Faixa de Gaza, a situação alimentar está a piorar.

Os palestinianos, especialmente no norte, estão a sofrer de uma grave escassez de alimentos, o que obriga algumas famílias a racionar ao máximo o número de refeições ao dia para sobreviver. Alguns residentes de Gaza queixam-se de não comerem legumes há semanas e de terem de gerir os alimentos que recebem de instituições de caridade.

Fome no norte da Faixa de Gaza

Cindy McCain, diretora norte-americana do Programa Alimentar Mundial (PAM) da ONU, afirmou que a parte norte da Faixa de Gaza, duramente atingida, está atualmente numa “verdadeira situação de fome” devido às fortes restrições impostas pelos exército israelita em relação à distribuição de alimentos no território palestiniano. Segundo McCain, é essencial um cessar-fogo e um aumento do fluxo de ajuda por via terrestre e marítima para fazer face à crescente catástrofe humanitária em Gaza.

O PAM, que funciona como um observatório internacionalmente reconhecido para as crises alimentares, afirmou em março que o norte de Gaza estava à beira da fome e que não resistiria até maio.

O norte de Gaza não recebe ajuda regular desde março, o pouco que recebe não é a ajuda necessária para evitar a fome, disse um funcionário humanitário da Agência dos Estados Unidos para o Desenvolvimento Internacional (USAID) à agência de notícias Associated Press.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Fome “total” em Gaza, diz alta funcionária da ONU

Turquia corta relações comerciais com Israel até que haja um cessar-fogo em Gaza

Israel confirma morte de refém luso-israelita