EventsEventos
Loader

Find Us

PUBLICIDADE

Países Baixos lembram vítimas da Segunda Guerra Mundial

Autoridades estavam preocupadas que cerimónia fosse interrompida por protestos
Autoridades estavam preocupadas que cerimónia fosse interrompida por protestos Direitos de autor Patrick van Emst/AP
Direitos de autor Patrick van Emst/AP
De  Euronews
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Cerca de 4.400 pessoas estiveram presentes na cerimónia na Praça Dam, em Amsterdão.

PUBLICIDADE

A população dos Países Baixos lembrou no sábado as vítimas da Segunda Guerra Mundial. O rei Guilherme Alexandre e a rainha Máxima assinalaram a data  como já é tradição no Monumento Nacional no centro da Praça Dam, em Amsterdão, onde colocaram uma coroa em homenagem às vítimas.

No local, os neerlandeses fizeram dois minutos de silêncio. Apesar das preocupações com eventuais protestos por causa da situação em Gaza, não houve quaisquer distúrbios.

De acordo com as autoridades neerlandesas, apenas estiveram presentes 4.400 pessoas na cerimónia em Amsterdão: 2.900 visitantes e 1.500 convidados.

Havia espaço para cerca de 10.000 pessoas, mas a participação foi reduzida de 20.000 para 10.000 este ano devido a preocupações com protestos pró-Palestina.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Leis aduaneiras pós-Brexit fazem disparar preços, alertam comerciantes

Países Baixos suspendem oficialmente as perfurações no campo de gás de Groningen

Sete pessoas julgadas por fornecer droga suicida a mais de 600 pessoas nos Países Baixos