EventsEventosPodcasts
Loader

Find Us

PUBLICIDADE

Eleições presidenciais no Irão marcadas para 28 de junho

Mulheres iranianas assistem a uma cerimónia de luto pelo Presidente Ebrahim Raisi na praça Vali-e-Asr, no centro de Teerão, Irão, segunda-feira, 20 de maio de 2024.
Mulheres iranianas assistem a uma cerimónia de luto pelo Presidente Ebrahim Raisi na praça Vali-e-Asr, no centro de Teerão, Irão, segunda-feira, 20 de maio de 2024. Direitos de autor Vahid Salemi/Copyright 2024 The AP. All rights reserved
Direitos de autor Vahid Salemi/Copyright 2024 The AP. All rights reserved
De  Euronews
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Candidatos à eleição podem inscrever-se de 30 de maio a 3 de junho. Campanha eleitoral decorrerá de 12 a 27 de junho.

PUBLICIDADE

O Irão vai a eleições presidenciais no próximo dia 28 de junho, informou a agência noticiosa estatal IRNA.

A data foi acertada pelas autoridades iranianas na sequência da morte do presidente Ebrahim Raisi num acidente de helicóptero. 

O presidente interino Mohammad Mokhber e outros líderes, incluindo o chefe do poder judicial e o presidente do parlamento, concordaram com a data. A decisão tem de ser aprovada pelo Conselho dos Guardiães, de acordo com a Constituição do Irão, que prevê a convocação de novas eleições no prazo de 50 dias.

Segundo a agência noticiosa IRNA, todos os candidatos podem inscrever-se de 30 de maio a 3 de junho, sendo que a campanha eleitoral decorrerá de 12 a 27 de junho.

Funeral de Raisi na quinta-feira

Os iranianos reuniram-se nas ruas de todo o país para manifestar o seu pesar pela morte do presidente Ebrahim Raisi.

As homenagens aconteceram em cidades como Tabriz, Mashad ou Lorestan.

O funeral de Raisi está marcado para a próxima quinta-feira. 

O presidente iraniano e o ministro dos Negócios Estrangeiros do país, Hossein Amir-Abdollahian, morreram num acidente de helicóptero numa zona montanhosa perto do Azerbaijão, segundo a imprensa estatal.

Os meios de comunicação social locais referem que um total de nove pessoas, incluindo a tripulação, morreram na queda do helicóptero.

A comitiva seguia na viagem de regresso ao Irão após uma cerimónia de inauguração de uma barragem com o presidente do Azerbaijão

De acordo com a imprensa estatal, o helicóptero foi forçado a fazer uma "aterragem forçada" na região montanhosa depois de ter tido dificuldades devido ao nevoeiro intenso. 

De acordo com a Constituição iraniana, em caso de morte do presidente, o primeiro vice-presidente do país, Mohammad Mokhber, assume o cargo de presidente interino.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

O que se segue para o Irão depois da morte do presidente?

Vice-presidente do Irão nomeado presidente interino após a morte de Ebrahim Raisi

Presidente do Irão morre em acidente de helicóptero