EventsEventosPodcasts
Loader

Find Us

PUBLICIDADE

ONG Mares Saudáveis recolhe toneladas de resíduos em "explorações fantasma" na costa grega

ONG holandesa “Healthy Seas” recolhe toneladas de resíduos das costas gregas
ONG holandesa “Healthy Seas” recolhe toneladas de resíduos das costas gregas Direitos de autor Mindaugas Kulbis/Copyright 2024 The AP. All rights reserved.
Direitos de autor Mindaugas Kulbis/Copyright 2024 The AP. All rights reserved.
De  Euronews
Publicado a
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

A Mares Saudáveis voltou à ilha grega de Ítaca para recolher toneladas de resíduos que poluem as águas. A ilha tem duas explorações abadonadas, onde se têm acumulado resíduos tóxicos para a fauna e flora locais.

PUBLICIDADE

A ONG holandesa Mares Saudáveis regressou, pelo terceiro ano, à ilha grega de Ítaca para recuperar as águas poluídas e que se tornaram perigosas devido às explorações piscícolas abandonadas.

A ilha tem duas explorações que foram abandonadas há mais de uma década e que são conhecidas por "quintas fantasma". Nestas explorações acumulam-se detritos, plásticos e outros poluentes no mar, que perturbam os ecossistemas marinhos e que colocam em perigo a fauna e a flora. 

“As quintas fantasma são antigas instalações agrícolas, que foram abandonadas e destruídas, e que poluem a área. Isto não é apenas um problema para a vida marinha e o ambiente, mas também para as comunidades locais, para o turismo e para fins recreativos. As comunidades locais perdem a área que é poluída pelas quintas fantasma”, disse a diretora da Marés Saudáveis, Veronika Mikos, em entrevista à Euronews.

A poluição marítima afeta particularmente os pescadores, uma vez que o peixe fica frequentemente preso nas psiculturas ou abandona a área devido à poluição.

“O peixe está a diminuir, ano após ano. Há muito lixo no fundo do mar. Tudo isto tem de sair do mar. Esta é uma iniciativa muito importante”, disse o pescador grego Argiris Manias à Euronews.

Foram recolhidas cerca de 30 toneladas de redes e resíduos em Patras

A operação de limpeza da ONG Mares Saudáveis durou dez dias e decorreu, essencialmente, em dois locais principais:perto de Patras, a terceira maior cidade da Grécia, e Ítaca. Em Patras, foram recolhidas cerca de 30 toneladas de redes e resíduos, enquanto em Ítaca o número pode ser ainda maior, devendo ser divulgado nos próximos dias.

De acordo com a ONG, tanto em Patras como em Ítaca, os locais têm apoiado o esforço da Mares Saudáveis, uma vez que , até à data, nunca tinham observado qualquer iniciativa de limpeza por parte do Estado grego.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

O cultivo de algas: um setor promissor que pode ajudar a regenerar os oceanos

Relatório alerta para branqueamento de corais provocado pelo aquecimento dos oceanos

Poluição dos oceanos em debate na Conferência Ministerial da Organização Mundial do Comércio