EventsEventosPodcasts
Loader

Find Us

PUBLICIDADE

Eleições legislativas de alto risco para o ANC na África do Sul

Preparativos para abertura das urnas  em Alexandra, perto de Joanesburgo, na quarta-feira, 29 de maio de 2024.
Preparativos para abertura das urnas em Alexandra, perto de Joanesburgo, na quarta-feira, 29 de maio de 2024. Direitos de autor Themba Hadebe/Copyright 2024 The AP. All rights reserved.
Direitos de autor Themba Hadebe/Copyright 2024 The AP. All rights reserved.
De  Euronews com AP
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied
Artigo publicado originalmente em francês

No poder desde 1994, o Congresso Nacional Africano poderá obter menos de 50% dos votos nas eleições desta quarta-feira e, pela primeira vez, perder a maioria no Parlamento.

PUBLICIDADE

Na África do Sul, quase 27 milhões de eleitores são chamados às urnas, esta quarta-feira, para eleger os deputados da Assembleia Nacional. São estes deputados recém-eleitos que vão depois escolher o presidente.

As sondagens indicam que que Congresso Nacional Africano (ANC), o partido que lidera o país desde 1994, poderá obter menos de 50% dos votos e, pela primeira vez, perder a maioria no parlamento.

Se estas previsões se verificarem, o presidente Cyril Ramaphosa terá de formar uma coligação com outros partidos para se manter no poder.

Devastado por escândalos de corrupção, o partido de Nelson Mandela é agora o alvo do descontentamento, uma vez que a desigualdade, o desemprego e a pobreza persistem 30 anos após o fim do Apartheid.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Jacob Zuma recebe perdão especial e não voltará para a prisão

África do Sul declara estado de calamidade por causa das inundações

África do Sul procura atrair investimento estrangeiro para desenvolver economia