EventsEventosPodcasts
Loader
Encontra-nos
PUBLICIDADE

Arranca hoje o Euro 2024 com a seleção escocesa otimista quanto a uma possível vitória sobre a Alemanha

Adeptos escoceses cantam na praça Marienplatz, junto à Câmara Municipal de Munique, a 13 de junho de 2024
Adeptos escoceses cantam na praça Marienplatz, junto à Câmara Municipal de Munique, a 13 de junho de 2024 Direitos de autor Ariel Schalit/Copyright 2024 The AP. All rights reserved
Direitos de autor Ariel Schalit/Copyright 2024 The AP. All rights reserved
De  Euronews com AP
Publicado a
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied
Artigo publicado originalmente em inglês

A Escócia mostrou durante a campanha de qualificação que pode surpreender, ao vencer a seleção espanhola e norueguesa. No entanto, a última vez que venceu a seleção alemã foi há mais de 25 anos.

PUBLICIDADE

O UEFA EURO 2024 começa esta sexta-feira, em Munique, com a seleção escocesa a defrontar a alemã. Os adeptos escoceses deslocaram-se em massa até à cidade alemã, e revelaram estarem otimistas quanto a uma possível vitória.

O jogo entre a Alemanha e a Escócia vai decorrer na Allianz Arena, um dos muitos estádios que vão acolher o torneio. Este ano, o EURO 2024, que tem a duração de um mês, ocorre em 10 cidades alemãs.

Numa conferência de imprensa na quinta-feira, o treinador principal da Escócia, Steve Clarke, disse que incutiu na equipa o lema "respeitar toda a gente e não temer ninguém" e referiu que está confiante com uma possível vitória.

Adepto escocês no centro de Munique, a 13 de junho de 2024
Adepto escocês no centro de Munique, a 13 de junho de 2024Antonio Calanni/Copyright 2024 The AP. All rights reserved

"Sabemos que é um grande jogo. Mas para nós é o jogo de abertura de uma secção de quatro equipas, três jogos. Sabemos o que temos de fazer para nos qualificarmos e é nisso que estamos concentrados. A enormidade do jogo de abertura e tudo o mais é um pouco secundário. Esperamos não nos envolver demasiado nisso", disse o treinador escocês, citado pela AP.

"Acreditamos que podemos conseguir um bom resultado sempre que entrarmos em campo. Caso contrário, qual é o sentido de entrar em campo? Por isso preparamo-nos bem, achamos que estamos prontos. E esperamos que isso se verifique amanhã à noite", acrescentou.

Também o capitão da seleção da Escócia, Andy Robertson, se mostrou otimista quanto a uma possível vitória, apesar de saber que este vai ser um "desafio".

A Escócia mostrou durante a campanha de qualificação que pode surpreender, ao vencer a Espanha e a Noruega. No entanto, a equipa só ganhou um dos seus últimos 13 jogos contra a Alemanha, e isso foi há mais de 25 anos, numa partida amigável.

Um bom primeiro jogo e uma boa fase de grupos poderão desencadear uma nova onda de entusiasmo na Alemanha, embora seja difícil imaginar cenários semelhantes aos de quando o país recebeu o Campeonato do Mundo em 2006, num cenário político em mudança.

Ao contrário dos escoceses, não se vê praticamente nenhuma camisola ou bandeira alemã em Munique. A Alemanha foi eliminada na fase de grupos dos dois últimos Campeonatos do Mundo, e foi eliminada pela Inglaterra nos oitavos de final do Euro 2020.

Germany's head coach Julian Nagelsmann, front centre, players and staff members walk on the pitch during a training session Herzogenaurach, June 13, 2024
Germany's head coach Julian Nagelsmann, front centre, players and staff members walk on the pitch during a training session Herzogenaurach, June 13, 2024Federico Gambarini/(c) Copyright 2024, dpa (www.dpa.de). Alle Rechte vorbehalten

"Penso que o ambiente vai ser positivo, mas depois vão ver como estamos a jogar, quanta vontade vamos mostrar. Por isso, temos de transmitir isso aos adeptos", afirmou o capitão da seleção alemã, İlkay Gündoğan, citado pela AP, acrescentando que "Nenhum outro jogo é como o primeiro porque depois dele podemos usar o ímpeto, usar a euforia para os jogos seguintes. É por isso que o objetivo mais importante é ganhar o jogo".

Cerca de 24 equipas de toda a Europa vão disputar um total de 51 jogos antes da final em Berlim, que acontece a 14 de julho.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Tribunal da UE decide contra FIFA e UEFA no caso da Superliga

Ucrânia responde à UEFA com boicote às provas juvenis

Berlim vibra com a vitória da Espanha sobre Inglaterra por 2-1 na final do Euro 2024