EventsEventosPodcasts
Loader

Find Us

PUBLICIDADE

Bruxelas julga proposta mais recente de Atenas insuficiente

Bruxelas julga proposta mais recente de Atenas insuficiente
Direitos de autor 
De  João Peseiro Monteiro com AFP, Reuters, EFE
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

A proposta grega apresentada em Bruxelas esta terça-feira foi julgada insuficiente pelos credores. Os negociadores têm mais umas horas para tentar

PUBLICIDADE

A proposta grega apresentada em Bruxelas esta terça-feira foi julgada insuficiente pelos credores. Os negociadores têm mais umas horas para tentar aproximar posições antes de Alexis Tsipras se reunir com os principais responsáveis políticos europeus, à margem da cimeira UE-América Latina. Antes de viajar para a Bélgica, o primeiro-ministro grego foi pedir o apoio do seu partido nesta fase crucial das negociações. Para concluir um acordo o governo terá de fazer cedências que não vão agradar ao Syriza. Em Bruxelas esperam-se avanços do lado grego.

“Tentei sempre negociar com a Grécia de forma respeitosa. Ao contrário do que muitos pensam não se trata de negociar com o governo grego, trata-se dos interesses do povo grego. Muitos gregos estão a passar mal por causa do programa de ajustamento. Por isso tentei construir pontes mas continuo à espera da parte grega da ponte” – afirmou o presidente da Comissão, Jean-Claude Junker.

Os credores da Grécia exigem um aumento do IVA dos 13 para os 23 por cento em muitos bens, como a eletricidade, e cortes nas pensões de reforma. Sem estas medidas Atenas não vai receber os 7,2 mil milhões de euros correspondentes à última fatia do programa de ajustamento que deveria ter terminado em dezembro.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Grécia: Governo mantém apoio popular

Grécia: Varoufakis pede um acordo rápido e equilibrado, Obama pede flexibilidade

Alternativa ao lítio: Pode o manganésio substituir as baterias de lítio dos veículos elétricos?