Temperaturas estragam Natal às estâncias de esqui

Temperaturas estragam Natal às estâncias de esqui
De  João Peseiro Monteiro com AFP, Reuters, CHRTS, Direct Matin
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button

As temperaturas pouco habituais neste início de inverno na Europa estão a estragar o negócio das estâncias de esqui. Nos Alpes a paisagem é

PUBLICIDADE

As temperaturas pouco habituais neste início de inverno na Europa estão a estragar o negócio das estâncias de esqui. Nos Alpes a paisagem é desoladora. A ausência do habitual manto branco tem um impacto direto nas reservas. A época natalícia representa entre 20 e 30 por cento do volume de negócios.

Na Alemanha, em Spitzingsee, tenta-se manter o moral porque ainda é cedo para se fazerem as contas. “Economicamente há uma pequena perda, porque as férias são os períodos mais fortes da época. Ainda temos o Carnaval, que é uma altura com uma grande afluência. Não é assim tão mau mas só no final do inverno é que podemos ter uma ideia precisa” – explica Peter Lorenz, responsável pelos teleféricos da estância bávara.

Na Suíça apontam o dedo ao aquecimento global. O manto de neve é quatro vezes mais fino este ano do que em 2012. Na região do Valais a altura da neve ronda atualmente os 50 centímetros. E em França o cenário não é melhor. Apesar do mau tempo para os negócios, os profissionais do turismo da região do Monte Branco permanecem otimistas. 69 por cento consideram que a época será equivalente à anterior e só 17 por cento pensam que vai ser pior.

Des tendances encourageantes pour la saison d’hiver 2015-2016 ! Les chiffres consolidés : ANMSM atout_france</a> <a href="https://t.co/HlMHPmHmGf">https://t.co/HlMHPmHmGf</a></p>&mdash; ANMSM (Anmsm_officiel) 15 dezembro 2015

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Millennials vão tornar-se a "geração mais rica da história"

Inflação na zona euro desce para 2,6%

Preço do azeite sobe mais de 50% num ano na UE, Portugal registou o maior aumento