EventsEventos
Loader

Find Us

PUBLICIDADE

Que setores da economia europeia estão expostos à China

Que setores da economia europeia estão expostos à China
Direitos de autor 
De  Ricardo Figueira com FORBES
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button

A crise na China está a ter um efeito sobre a ecomomia europeia, mas a exposição é limitada.

PUBLICIDADE

A exposição da economia europeia à China revela-se sobretudo através das importações e das exportações.

Já no setor financeiro, é uma exposição limitada. O país europeu mais exposto ao setor financeiro chinês é o Reino Unido, sobretudo através da antiga colónia Hong Kong.

Os dois maiores bancos britânicos, HSBC e Standard Chartered, têm filiais importantes na Ásia. A China representa 5,5% dos negócios do setor bancário britânico, enquanto Hong Kong representa quase 10%.

“A China é importante para a economia mundial. Estamos agora a ver que o país, economicamente, está a perder força e isso é negativo para a Alemanha, sobretudo para as importações e exportações”, diz o analista de mercados Robert Halver.

A Alemanha é, de longe, o país mais exposto às trocas comerciais com a China. Em 2014 exportou bens num valor total de 99 mil milhões de euros, um valor quase cinco vezes superior ao da França.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

China volta a penalizar bolsas europeias

Economia chinesa dá novos sinais de abrandamento

Novo indício de que o BCE poderá vir a reduzir as taxas de juro na reunião de junho