Estados Unidos: Taxa de desemprego recua para 4,9%

Estados Unidos: Taxa de desemprego recua para 4,9%
De  Patricia Cardoso com Reuters, EFE, AFP
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button

Os Estados Unidos registam a taxa de desemprego mais baixa em oito anos, apesar da forte desaceleração do mercado do trabalho no mês de janeiro

PUBLICIDADE

Os Estados Unidos registam a taxa de desemprego mais baixa em oito anos, apesar da forte desaceleração do mercado do trabalho no mês de janeiro.

Highlights from the January #jobsreport in this interactive graphic: https://t.co/degs9g004l via ReutersGraphics</a> <a href="https://t.co/01QdaJ9h0D">pic.twitter.com/01QdaJ9h0D</a></p>&mdash; Reuters Business (ReutersBiz) 5 fevereiro 2016

No encalce do abrandamento económico do final de 2015, em janeiro foram criados 151 mil novos empregos, contra 262 mil em dezembro.

A criação de empregos continua a ser importante no setor das vendas a retalho, restauração e serviços de saúde. O setor industrial criou 29 mil postos, apesar da subida do dólar ter penalizado as encomendas e a produção.

O setor da construção criou apenas 18 mil postos, depois da forte progressão de dezembro, devido às temperaturas favoráveis.

Já os setores dos transportes e da energia estão a despedir.

BREAKING: US employers add just 151,000 jobs in January as firms shed education, transportation and temp workers: https://t.co/KfFNIX3jWR

— The Associated Press (@AP) 5 fevereiro 2016

Mesmo assim, a taxa de desemprego baixou uma décima para 4,9%, o que não acontecia desde fevereiro de 2008. Os Estados Unidos têm 7,8 milhões de desempregados.

Middle-class economics is working. pic.twitter.com/zpPv4MAvcd

— Barack Obama (@BarackObama) 5 fevereiro 2016

Os dados revelam também uma taxa de participação laboral de 62,7%, perto de mínimos de quatro décadas. E o número de empregos a tempo parcial é elevado. Rondam os seis milhões.

O departamento do Trabalho revelou ainda um ligeiro aumento dos salários.

Os números serão analisados com atenção pela Reserva Federal, que em dezembro subiu as taxas de juro pela primeira vez numa década.

Veja a evolução da taxa de desemprego nos Estados Unidos#

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

A guerra entre Israel e o Hamas está a afetar a economia israelita

Mercado único europeu coloca objetivos ecológicos e digitais no centro das atenções em 2024

Comissão Europeia revê em baixa previsões de crescimento económico