EventsEventosPodcasts
Loader
Find Us
PUBLICIDADE

Uber reforça posição na China e facilita pagamentos chineses

Uber reforça posição na China e facilita pagamentos chineses
Direitos de autor 
De  Euronews
Publicado a
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button

A controversa plataforma digital de transportes UBER está a reforçar a posição no mercado chinês e conseguiu facilitar ainda mais o recurso dos

PUBLICIDADE

A controversa plataforma digital de transportes UBER está a reforçar a posição no mercado chinês e conseguiu facilitar ainda mais o recurso dos clientes chineses da sua rede de motoristas.

Sob forte pressão em vários países, incluindo Portugal, sobretudo do setor dos taxis, a multinacional norte-americana acaba de anunciar o acordo com o Alipay, um sistema de pagamento online afiliado ao Alibaba, a maior plataforma comercial online do mundo, dominando, sobetudo, o mercado chinês.

With Alipay</a>, we&#39;re excited to make paying, requesting, and traveling even easier for users globally. Learn more: <a href="https://t.co/5pjto5TqDm">https://t.co/5pjto5TqDm</a></p>&mdash; Uber (Uber) 3 de maio de 2016

(Com a alipay, estamos entusiasmados por tornar ainda mais fácil os pagamentos, os pedidos e as viagens dos nossos utilizadores em termos globais.)

Ao contrário da obrigatoriade anterior de recorrerem a um cartão de crédito com dólares americanos, a nova parceria vai permitir aos mais de 450 milhões de clientes chineses da UBER poderem pagar em yuans e apenas com o apertão de um botão na aplicação da Alipay pelas viagens que efetuarem fora do território chinês.

O serviço vai estar disponível em “68 países e territórios fora da China, incluindo nos Estados Unidos, e em mais de 400 cidades por todo o mundo”, lê-se bo comunicado da Uber.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Diretora financeira da Huawei detida no Canadá

Guerra aberta entre Bombardier e Boeing

Ryanair cancela mais voos a partir de novembro