EventsEventosPodcasts
Loader
Find Us
PUBLICIDADE

RBS: A pesada herança das "subprimes"

RBS: A pesada herança das "subprimes"
Direitos de autor 
De  Patricia Cardoso com Reuters, Ansa
Publicado a
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button

Oito anos depois, o Royal Bank of Scotland (RBS) ainda sofre os efeitos da crise dos créditos hipotecários tóxicos nos Estados Unidos.

PUBLICIDADE

Oito anos depois, o Royal Bank of Scotland (RBS) ainda sofre os efeitos da crise dos créditos hipotecários tóxicos nos Estados Unidos.

O banco britânico revela que, no quarto trimestre fiscal, vai fazer provisões de 3,1 mil milhões de libras, o equivalente a 3,6 mil milhões de euros, para cobrir custos dos processos nos Estados Unidos, relativos à venda de “subprimes”. No total, as provisões do RBS ascendem a 6,7 mil milhões de libras (7,8 mil milhões de euros), mas o banco não exclui que a fatura seja ainda maior.

RBS takes a $3.92 billion provision to prepare to settle claims that it mis-sold toxic mortgage-backed securities: https://t.co/K6m9PzwZxipic.twitter.com/AzWtJjS98E

— Reuters Top News (@Reuters) 26 de janeiro de 2017

O RBS caminha para o nono ano consecutivo de prejuízos, enquanto o governo britânico continua a deter 70% do capital, após o resgate de 2008. Na altura, Londres injetou 45,5 mil milhões de libras e a situação do RBS ainda não permitiu a recuperação do dinheiro dos contribuintes.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Deutsche Bank paga 7,2 mil milhões de dólares aos EUA

Royal Bank of Scotland com resultados negativos

Direção do Credit Suisse sob fogo dos acionistas