EventsEventosPodcasts
Loader
Find Us
PUBLICIDADE

Eurogrupo aprova programa de reformas de Atenas

Eurogrupo aprova programa de reformas de Atenas
Direitos de autor 
De  Euronews
Publicado a
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Ministros das Finanças eurpeus terão demorado alguns minutos para aprovar o acordo conseguido entre Atenas e os credores.

PUBLICIDADE

Os ministros das Finanças da zona euro aprovaram a terceira revisão do programa de reformas levado a cabo por Atenas.

De acordo com fontes próximas do Governo helénico, o Eurogrupo terá demorado apenas alguns minutos para aprovar o acordo conseguido entre a Grécia e os credores internacionais.

Jeroen Dijsselbloem, o presidente cessante do Eurogrupo, disse estar “muito satisfeito” com o acordo e com o facto de que este tivesse sido conseguido sem quaisquer dificuldades. O PIB grego cresceu 0,7% e 0,8% nos primeiro e segundo trimestres do ano.

A economia grega cresceu 1,3% no terceiro trimestre face ao mesmo período de 2016 e 0,3% relativamente ao trimestre anterior, segundo dados provisórios divulgados pela agência de estatística grega (Elstat).

O Produto Interno Bruto (PIB) da Grécia cresceu 0,7% e 0,8% nos primeiro e segundo trimestres face aos períodos iguais precedentes.

Os novos dados reforçam a tese do Governo de Alexis Tsipras de que a economia grega entrou numa fase de recuperação, depois de oito anos de recessão durante os quais perdeu cerca de 25% do PIB.

Contudo, as estimativas iniciais para um crescimento de 2,7% do PIB foram revistas duas vezes em baixa e tanto o Governo grego como a Comissão Europeia apontam para um crescimento de 1,6% da economia grega no ano em curso.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Alternativa ao lítio: Pode o manganésio substituir as baterias de lítio dos veículos elétricos?

Banco Central Europeu corta taxas de juro em linha com as expetativas do mercado

Riqueza das nações: o fosso cada vez maior entre ricos e pobres na Europa