EventsEventosPodcasts
Loader

Find Us

PUBLICIDADE

Dívida grega ensombra recomeço pós resgate

Dívida grega ensombra recomeço pós resgate
Direitos de autor REUTERS/Yves Herman
Direitos de autor REUTERS/Yves Herman
De  Efi KoutsokostaIsabel Marques da Silva
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button

Um clima algo festivo marcou a reunião dos ministros das Finanças do Eurogroupo, quinta-feira, no Luxemburgo, face à possibilidade de fechar o programa de resgate da Grécia. Contudo, a dívida de 180% do PIB vai exigir medidas para tranquilizar os mercados.

PUBLICIDADE

Um clima algo festivo marcou a reunião dos ministros das Finanças do Eurogrupo, quinta-feira, no Luxemburgo. Por um lado, celebram-se vinte anos desde que começaram estas reuniões cruciais para a zona euro.

É, também, a reunião onde deverá ser dada luz verde para fechar o programa de resgate da Grécia, iniciado há oito anos. Parece haver consenso da França e da Alemanha, dois Estados-membros cruciais na avaliação do esforço grego.

"Temos que reconhecer que a Grécia fez efetivamente o trabalho, cumpriu seus compromissos. Do nosso lado, também teremos de cumpri o que prometemos e tentar encontrar a melhor solução para a questão da dívida grega", disse o ministro francês, Bruno Le Maire.

Contudo, face a um divida astronómica de 180% do PIB, os credores vão exigir um pacote credível de medidas de alívio da mesma, que tranquilize os mercados.

A Grécia continuará a ser, também, alvo de um programa de vigilância para garantir que não vai reverter o sentido das reformas.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Fim do programa de resgate da Grécia na agenda do Eurogrupo

Grécia: fim do resgate à vista, mas com avisos

Varoufakis: "Dizer que há retoma na Grécia é um insulto"