EventsEventosPodcasts
Loader

Find Us

PUBLICIDADE

UE reage ao conflito comercial entre EUA e China

UE reage ao conflito comercial entre EUA e China
Direitos de autor 
De  Joao Duarte Ferreira
Publicado a
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

A Comissária Europeia para o Comércio, Cecilia Malmstrom, afirma que a economia global vai sair prejudicada

PUBLICIDADE

A União Europeia já reagiu à imposição de tarifas aduaneiras pelos Estados Unidos sobre as importações chinesas.

A Comissária Europeia para o Comércio afirmou numa mensagem publicada numa rede social estar preocupada com a imposição mútua de tarifas entre os Estados Unidos e a China.

Cecilia Malmstrom receia os efeitos negativos sobre a economia mundial e acrescenta que as guerras comerciais não são fáceis de vencer.

O ministro francês dos Negócios Estrangeiros, Jean-Yves Le Drian, afirma que se trata de um jogo perigoso.

"Temos que discutir isto. Existe um local para o fazer que é a Organização Mundial do Comércio, OMC, e hoje o presidente norte-americano decidiu retirar-se desta lógica.
É um jogo perigoso. Ainda não chegámos a uma guerra comercial mas estamos muito próximos", afirmou o alto funcionário francês.

Reagindo à imposição de tarifas norte-americanas, Pequim acusou Washington de desencadear uma guerra comercial sem precedentes.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Guerra comercial leva Harley-Davidson a tirar parte da produção dos EUA

Guerra comercial EUA-UE. Bruxelas cobra 25% nas importações

Estados alertam para guerra comercial com os EUA