EventsEventosPodcasts
Loader
Encontra-nos
PUBLICIDADE

Honda poderá fechar fábrica no sudoeste de Inglaterra

Honda poderá fechar fábrica no sudoeste de Inglaterra
Direitos de autor 
De  Antonio Oliveira E Silva
Publicado a
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

A ser levada a cabo, medida afeta cerca de 3500 postos de trabalho, numa região onde mais de 54% dos eleitores votaram a favor do Brexit em 2016.

PUBLICIDADE

A japonesa Honda poderá fechar a sua fábrica britânica de Swindon, no sudoeste de Inglaterra, em breve. A medida afeta até 3500 postos de trabalho.

O Governo britânico diz que vai esperar até que a direção fale com os trabalhadores para se posicionar.

Em 2016, mais de 54% dos eleitores de Swindon votaram a favor do Brexit, ou seja, por um processo que acaba por tornar a fábrica menos interessante para a Honda.

Se, até agora, o envio de peças para Swindon a partir da Europa demora cerca de 24 horas, o Brexit faz com com que o mesmo processo demore entre dois a nove dias.

A ser levada a cabo, a medida implica que a fábrica feche em 2022, no que representa um duro golpe contra a indústria automóvel no Reino Unido.

Aumenta, por outro lado, o grau de incerteza a respeito do futuro das relações comerciais entre os britânicos e o bloco regional europeu.

Recorde-se que a União Europeia e o Japão assinaram um tratado de livre comércio que entrou em vigor a 2 de fevereiro deste ano. O tratado beneficia o setor automóvel de ambas partes. 

Em 2018, a Honda construiu cerca de 160 mil veículos em Swindon, incluindo os muito populares Civic e CV-R.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Indústria do uísque quer "Brexit" sem ressaca

Europeus frustrados com voto contra May

Eleições Francesas: vitória da esquerda provoca queda do euro