EventsEventos
Loader

Find Us

FlipboardLinkedin
Apple storeGoogle Play store
PUBLICIDADE

Airbnb reforça presença nos Jogos Olímpicos

Airbnb reforça presença nos Jogos Olímpicos
Direitos de autor 
De  Nara Madeira
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Empresa de alojamento local Airbnb torna-se num dos patrocinadores principais dos Jogos Olímpicos.

PUBLICIDADE

A Airbnb tornou-se um dos patrocinadores principais dos Jogos Olímpicos. A empresa assinou um acordo com o Comité Olímpico Internacional para cinco Jogos Olímpicos e Paraolímpicos. O primeiro é o de Tóquio, já no próximo ano. A parceria estende-se até 2028. Os detalhes financeiros desta parceria não foram divulgados.

Através das redes sociais o presidente do COI congratulou-se com a parceria agora firmada, que chama de inovadora, dizendo que ela vai ao encontro da estratégia definida que tem como objetivo tornar os jogos sustentáveis.

A Airbnb também se mostra satisfeita com o acordo. Também nas redes sociais, um dos seus fundadores escreveu que a parceria vai garantir que os jogos serão ainda mais inclusivos, acessíveis e sustentáveis e permitirá deixar um legado positivo e duradouro para atletas e anfitriões.

A empresa de alugueres de casas, de curta duração, tinha apoiado os Jogos Olímpicos do Rio 2016, mas como patrocinador local e também os de Inverno de Pyeongchang.

No Rio de Janeiro, e de acordo com um estudo do World Economic Forum, as receitas diretas para os anfitriões, relativas aos alugueres através do portal da empresa, ascenderam a 27 milhões de euros.

Mas nem todos veem com bons olhos esta parceria. A presidente da câmara de Paris escreveu ao presidente do COI para alertá-lo "sobre os riscos e consequências" deste patrocínio, pela gigante Airbnb. Anne Hidalgo promete "total determinação" em "obter um reforço das regras que regem as plataformas de aluguer e, se necessário, proibi-las" em certas áreas de Paris.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Contagem decrescente: seis meses para os Jogos Oímpicos Tóquio2020

Hoteleiros franceses denunciam parceria entre COI e AirBnB

Inquilina em Paris condenada a multa de 40.000 euros por usar o Airbnb