Desemprego bate recordes nos Estados Unidos

Desemprego bate recordes nos Estados Unidos
Direitos de autor AFP
De  Bruno Sousa
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Desemprego em abril atingiu 14,7% da população ativa, o valor mais alto desde a II Guerra Mundial

PUBLICIDADE

Em apenas um mês, a taxa de desemprego triplicou nos Estados Unidos. No mês de abril atingiu os 14,7%, o valor mais alto desde o fim da Segunda Guerra Mundial. Em fevereiro estava nos 3,5%, um mínimo de 50 anos, o que diz bem do efeito devastador do surto de covid-19 na economia do país.

O relatório do Departamento do Trabalho, publicado esta sexta-feira, revela que durante o mês de abril a economia norte-americana perdeu mais de 20 milhões de empregos.

No meio da hecatombe, no entanto, há um pequeno sinal positivo, desses mais de 20 milhões, cerca de 18 milhões dizem respeito a despedimentos temporários causados pelas medidas de restrição.

Apesar do número de novos casos continuar a aumentar, mais de 40 estados começaram já o processo de desconfinamento e promoveram a reabertura parcial do comércio para tentar estimular a economia.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Mercedes-Benz recolhe 250 000 veículos devido a risco de incêndio

Uber Eats altera anúncio polémico da Super Bowl por brincar com alergias alimentares

Quem ultrapassou Elon Musk como a pessoa mais rica do mundo?