EventsEventos
Loader

Find Us

FlipboardLinkedin
Apple storeGoogle Play store
PUBLICIDADE

Exército de pequenos investidores derruba tubarões de Wall Street

Exército de pequenos investidores derruba tubarões de Wall Street
Direitos de autor Seth Wenig/Copyright 2020 The Associated Press. All rights reserved.
Direitos de autor Seth Wenig/Copyright 2020 The Associated Press. All rights reserved.
De  Euronews
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Um grupo de pequenos investidores uniu-se nas redes sociais para travar a especulação de grandes fundos de investimento contra a GameStop, uma empresa de jogos eletrónicos. Na batalha de Wall Street, David ganhou a Golias.

PUBLICIDADE

Até há poucos dias, a GameStop era apenas uma cadeia norte-americana de jogos eletrónicos, com lojas nos Estados Unidos da América e na Europa. Mas esta semana, a marca tornou Wall Street num campo de batalha.

Tudo começou quando grandes fundos de investimento, olhando para a forma como a empresa estava a ser afetada pela pandemia e a fechar espaços de venda, especularam sobre as suas perdas da, levando-a a prejuízos. 

As queixas de um dos fundadores, na rede social Reddit, sobre o que estava a acontecer levou à revolta de um grupo de pequenos investidores, que decidiu mudar o rumo da história e comprou ações da GameStop.

A procura levou a um aumento acentuado do preço das ações, em penalização dos fundos de alto risco.

Este "grande exército de investidores individuais amadores" não está "necessariamente a fazer isto ao mercado de ações em gera, estão a concentrar-se num punhado de ações que são também o foco destes fundos especulativos. Portanto, de certa forma, temos aqui uma espécie de movimento 'Ocupar Wall Street'", diz Seth Sutel, editor-adjunto de Mercados Financeiros da agência noticiosa Associated Press (AP).

No entanto, o movimento concertado destes milhões de pequenos investidores foi travado pela própria plataforma de negociação online, a RobinHood, que suspendeu a compra das ações mais populares, alegando estar a ter dificuldade em fazer face aos compromissos financeiros gerados pela explosão de transações.

"A Robin Hood é uma aplicação comercial, é uma plataforma comercial muito popular usada por muitas pessoas. Podemos tê-la no telemóvel e dizem que o seu objetivo é a democratização das finanças. Mas já tiveram problemas com os reguladores, que dizem que [a aplicação] encorajara uma espécie de jogo de investimento", explica o especialista da AP.

A medida chegou ao Congresso norte-americano e mereceu a crítica de democratas e republicanos, contra aquilo que consideram uma injustiça para os pequenos investidores.

(O que acontece quando @AOC, @ewarren, @tedcruz & @DonaldJTrumpJr dão as mãos? Mudança. A GameStop uniu o país.)

Após uma injeção superior a mil milhões de dólares, a Robin Hood voltou, esta sexta-feira, a libertar a negociação das ações mais populares, permitindo que a GameStop voltasse a valorizar. 

De um dia para o outro, o grupo de apostas em Wall Street no Reddit, aumentou o número de utilizadores em um milhão, deixando prever que fenómenos como este podem voltar a acontecer.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Pequenos investidores fazem disparar preço da prata

Microsoft compromete-se a investir 4,3 mil milhões de dólares em França

Perspetivas económicas da OCDE: Crescimento global estável esperado para 2024 e 2025