EventsEventosPodcasts
Loader
Encontra-nos
PUBLICIDADE

Exército de pequenos investidores derruba tubarões de Wall Street

Exército de pequenos investidores derruba tubarões de Wall Street
Direitos de autor Seth Wenig/Copyright 2020 The Associated Press. All rights reserved.
Direitos de autor Seth Wenig/Copyright 2020 The Associated Press. All rights reserved.
De  Euronews
Publicado a
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Um grupo de pequenos investidores uniu-se nas redes sociais para travar a especulação de grandes fundos de investimento contra a GameStop, uma empresa de jogos eletrónicos. Na batalha de Wall Street, David ganhou a Golias.

PUBLICIDADE

Até há poucos dias, a GameStop era apenas uma cadeia norte-americana de jogos eletrónicos, com lojas nos Estados Unidos da América e na Europa. Mas esta semana, a marca tornou Wall Street num campo de batalha.

Tudo começou quando grandes fundos de investimento, olhando para a forma como a empresa estava a ser afetada pela pandemia e a fechar espaços de venda, especularam sobre as suas perdas da, levando-a a prejuízos. 

As queixas de um dos fundadores, na rede social Reddit, sobre o que estava a acontecer levou à revolta de um grupo de pequenos investidores, que decidiu mudar o rumo da história e comprou ações da GameStop.

A procura levou a um aumento acentuado do preço das ações, em penalização dos fundos de alto risco.

Este "grande exército de investidores individuais amadores" não está "necessariamente a fazer isto ao mercado de ações em gera, estão a concentrar-se num punhado de ações que são também o foco destes fundos especulativos. Portanto, de certa forma, temos aqui uma espécie de movimento 'Ocupar Wall Street'", diz Seth Sutel, editor-adjunto de Mercados Financeiros da agência noticiosa Associated Press (AP).

No entanto, o movimento concertado destes milhões de pequenos investidores foi travado pela própria plataforma de negociação online, a RobinHood, que suspendeu a compra das ações mais populares, alegando estar a ter dificuldade em fazer face aos compromissos financeiros gerados pela explosão de transações.

"A Robin Hood é uma aplicação comercial, é uma plataforma comercial muito popular usada por muitas pessoas. Podemos tê-la no telemóvel e dizem que o seu objetivo é a democratização das finanças. Mas já tiveram problemas com os reguladores, que dizem que [a aplicação] encorajara uma espécie de jogo de investimento", explica o especialista da AP.

A medida chegou ao Congresso norte-americano e mereceu a crítica de democratas e republicanos, contra aquilo que consideram uma injustiça para os pequenos investidores.

(O que acontece quando @AOC, @ewarren, @tedcruz & @DonaldJTrumpJr dão as mãos? Mudança. A GameStop uniu o país.)

Após uma injeção superior a mil milhões de dólares, a Robin Hood voltou, esta sexta-feira, a libertar a negociação das ações mais populares, permitindo que a GameStop voltasse a valorizar. 

De um dia para o outro, o grupo de apostas em Wall Street no Reddit, aumentou o número de utilizadores em um milhão, deixando prever que fenómenos como este podem voltar a acontecer.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Pequenos investidores fazem disparar preço da prata

Eleições Francesas: vitória da esquerda provoca queda do euro

Fabricante de chocolates planeia Nutella vegana