EventsEventosPodcasts
Loader
Encontra-nos
PUBLICIDADE

Reino "unido" em silêncio na despedida de Filipe

Reino "unido" em silêncio na despedida de Filipe
Direitos de autor Afptv
Direitos de autor Afptv
De  Teresa Bizarro
Publicado a
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Minuto de silêncio em todo o país antecedeu cerimónia fúnebre na Capela de São Jorge, em Windsor, onde o príncipe consorte ficou sepultado

PUBLICIDADE

"A coragem, a bondade e o sentido de humor": qualificativos escolhidos pelo Arcebispo de Cantuária para o elogio fúnebre ao príncipe Filipe. Windsor foi palco este sábado da última homenagem ao duque de Edimburgo numa cerimónia adaptada às restrições da pandemia.

Apenas 30 pessoas estiveram na Capela de São Jorge, onde Filipe fica sepultado. Separados por núcleos familiares, para além da Rainha, marcaram presença todos os filhos, netos e respectivos cônjuges - excepto Meghan Markle, mulher de Harry.

Imediatamente antes da cerimónia, todo o Reino Unido prestou homenagem ao príncipe Filipe com um minuto de silêncio.

Boris Johnson assinalou o momento à porta do Palácio de Chequers, aresidÊncia de campo do primeiro-ministro britânico.

Rui Vieira/AP
Minuto de silêncio assinalado em Piccadilly Circus, LondresRui Vieira/AP

Para evitar ajuntamentos na rua, o cortejo fúnebre não passou por Londres e percorreu apenas umas centenas de metros dentro dos muros do palácio de Windsor. Um momento assinalado em todo o país. 

Filipe morreu no dia 9 de abril. O duque de Edimburgo tinha 99 anos e esteve casado mais de 70 anos com a rainha.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Filipe foi exemplo de "lealdade e integridade"

Zelenskyy em Davos: Putin é um "predador" e não se contenta com conflitos "congelados"

Macron condena violência e reitera que não vai ceder