EventsEventosPodcast
Loader

Find Us

PUBLICIDADE

Investir num futuro sustentável

Investir num futuro sustentável
Direitos de autor euronews
Direitos de autor euronews
De  Euronews
Partilhe esta notícia
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Vários países tentam alcançar a meta estabelecida na COP26 de alcançar a neutralidade carbónica até 2050, mas como é que o setor bancário se está a adaptar? Em "The Exchange" vamos perceber como é que os grandes bancos mundiais estão a investir na revolução verde.

PUBLICIDADE

De acordo com as Nações Unidas, todos têm um papel a desempenhar no contexto da atual emergência climática que atinge o planeta. Na última Conferência sobre o Clima, a ONU destacou alguns dos principais desafios que enfrentamos no combate ao problema, alertando que todos os setores devem colocar os planos em prática “agora ou nunca.”

Estamos a entrar numa década crítica na batalha contra as alterações climáticas. As emissões globais devem ser reduzidas em quase 43% até 2030 para manter o aumento da temperatura global dentro do limite de 2 graus Celsius. A ONU indica que mais reduções poderiam limitar o aumento da temperatura a apenas 1,5 graus Celsius caso tratemos as nossas metas climáticas com a seriedade que elas merecem.

Um setor que está a dar passos sérios para reduzir as emissões poluentes é o setor financeiro internacional. O dinheiro fala, de facto, e a "Revolução Verde" requer investimentos substanciais para realmente fazer a diferença.

Mahmoud Mohieldin, Campeão de Ação Climática de Alto Nível da ONU para o Egito e Diretor Executivo do Fundo Monetário Internacional, falou sobre seu papel em ajudar a ONU a atingir as metas climáticas.

“Como defensor do clima da ONU, proponho novas ideias com foco em finanças e parcerias. Trabalhamos com base nas boas práticas de divulgação e sendo transparentes em tudo o que fazemos.”

AFP
Turbinas eólicasAFP

Banca no dia-a-dia

A mudança para a sustentabilidade tornou-se uma iniciativa alargada a todos os setores e os responsáveis bancários lideram projetos que se alinham com as metas da ONU.

À luz do compromisso do governo do Catar de investir 75 mil milhões de dólares numa economia mais sustentável, estivemos à conversa com Mohammed Azem Hamad, Diretor de Risco do Qatar International Islamic Bank, sobre o que isso significa para a sua organização.

“Se falamos de sustentabilidade no setor bancário, estamos a falar de planeamento estratégico e de execução por parte das instituições bancárias e das atividades empresariais tendo em consideração os três principais pilares da sustentabilidade: Meio Ambiente, Social e Governança”, explica Hamad.

Euronews
Mohammed Azem Hamad, Chief Risk Officer do Qatar International Islamic BankEuronews

“A nossa estratégia está alinhada com a Visão Nacional do Catar 2030 e também com os objetivos de desenvolvimento sustentável das Nações Unidas e as medidas sustentáveis do mercado de ações do Catar.”

Benefícios bancários

Além de ajudar a construir um futuro mais verde, que outras vantagens é que o setor bancário pode obter ao investir em negócios sustentáveis?

“Um dos benefícios é ser percebido como legítimo”, segundo Caroline Linhares, professora de Clima da Sheffield Hallam University. “É claro que sabemos que os clientes e os clientes comerciais, por exemplo, têm alguns fundos – eles estão à procura de investimentos verdes por causa dos investimentos assentes em valor. Existe essa sensação de serem percebidos como ambientalmente responsáveis. Então eles têm que oferecer opções a esses investidores.”

O lucro é uma motivação considerável para os bancos e as empresas que adotam práticas sustentáveis podem ter margens maiores, levando a mais investimentos.

“Uma das oportunidades clássicas para os negócios melhorarem o lucro é melhorando a eficiência de um negócio. Pode aumentar-se o mercado, aumentar o valor dos seus itens e a outra oportunidade é aumentar a eficiência de tudo o que se está a fazer”, acrescenta John Grant, também professor de Clima na Sheffield Hallam University.

AFP
Painéis solaresAFP

O sistema financeiro global está-se a tornar num herói anónimo na busca por um futuro mais sustentável. Reconhecendo os benefícios dos investimentos verdes, os líderes bancários estão a procurar, proativamente, projetos destinados a reduzir as emissões poluentes.

Os Campeões de Ação Climática de Alto Nível da ONU são inestimáveis para garantir que este setor permaneça alinhado com as metas climáticas da organização. No entanto, a própria ONU afirma que ainda é preciso uma mudança monumental para evitar uma catástrofe climática.

Partilhe esta notícia