EventsEventos
Loader

Find Us

FlipboardLinkedin
Apple storeGoogle Play store
PUBLICIDADE

"Boyhood" vence BAFTA a caminho dos óscares

"Boyhood" vence BAFTA a caminho dos óscares
Direitos de autor 
De  Euronews
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button

Tom Cruise subiu ao palco no Royal Opera House em Londres para anunciar o nome do grande vencedor dos BAFTA, os prémios britânicos do cinema. A noite

PUBLICIDADE

Tom Cruise subiu ao palco no Royal Opera House em Londres para anunciar o nome do grande vencedor dos BAFTA, os prémios britânicos do cinema. A noite correu bem a Richard Linklater. Graças a “Boyhood” o cineasta americano levou para casa os prémios de melhor filme e melhor realizador.

A longa-metragem de Linklater é uma ficção filmada ao longo de 12 anos. Acompanha a vida de um rapaz desde a adolescência à idade adulta. Patricia Arquette, incarna o papel de mãe e venceu o BAFTA para melhor atriz secundária.

Graças a “Grand Budapest Hotel” Wes Anderson venceu cinco prémios, na maioria em categorias técnicas, excetuando o prestigiado BAFTA para melhor argumento original.

“A teoria de tudo” venceu três prémios incluindo o de melhor ator par Eddie Redmayne. No filme biográfico de James Marsh o ator britânico de 33 anos incarna a figura do astrofísico
Stephen Hawking.

O prémio para melhor atriz foi atribuído a Juliane Moore. A atriz norte-americana é uma das favoritas na corrida aos óscares. Na longa-metragem “O meu nome é Alice”, de Richard Glatzer, interpreta uma mulher com a doença de Alzheimer.

Na categoria melhor filme de animação, a distinção coube a “Lego”. Uma consolação para a obra que adapta os célebres brinquedos e que ficou, curiosamente, fora da lista de nomeados para os Óscares.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Os grandes filmes dos Prémios do Cinema Europeu 2023

Monica Bellucci leva Maria Callas ao Festival de Cinema de Salónica

Realizador alemão Wim Wenders recebe Prémio Lumière em Lyon