Yoko Ono é mais do que a viúva de John Lennon

Yoko Ono é mais do que a viúva de John Lennon
De  Euronews
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button

Yoko Ono é muito mais do que a viúva de John Lennon. A artista japonesa teve um papel de relevo na arte do século XX. Para prová-lo, o museu de Arte

PUBLICIDADE

Yoko Ono é muito mais do que a viúva de John Lennon. A artista japonesa teve um papel de relevo na arte do século XX.

Para prová-lo, o museu de Arte Moderna de Nova Iorque expõe atualmente as obras realizadas pela artista nos anos 60 e 70. A exposição reúne mais de uma centena de obras, entre desenhos vídeos, gravações sonoras e instalações.

“Quando conheceu o John Lennon, ela já trabalhava como artista há dez anos. Ela redefiniu a arte do seu tempo. A fama acabou por escamotear essa importância e, por isso, o museu decidiu recordar esse facto”, sublinhou Christophe Cherix, comissário do departamento de desenhos e impressões do MoMa.

No filme ‘Cut piece’, Yoko Ono apresenta uma performance onde as pessoas lhe cortam a roupa. Em “Fly”, uma mosca pousa no corpo de uma mulher. Para o comissário da exposição, as duas obras estão ligadas.

“Em 1971, ela realiza Fly onde segue uma mosca a pousar num corpo nu. Como é que esta obra se relaciona com a anterior? A primeira é uma performance a preto e branco. A outra é a cores e mostra um manequim profissional, mas ambas falam de nudez e vulnerabilidade”, afirmou o comissário.

A exposição intitula-se “Yoko Ono: One Woman Show 1960-1971” e pode ser visitada no Museu de Arte Moderna de Nova Iorque (MOMA) até 7 de setembro.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

John Lennon regressa aos álbuns no dia em que faria 80 anos

Estilista saudita Reem al Kanhal reinventa vestidos árabes tradicionais

Banda sonora da Guerra das Estrelas em 3D