EventsEventosPodcasts
Loader
Find Us
PUBLICIDADE

Bryan Cranston incarna argumentista de Hollywood caído em desgraça durante a caça às bruxas

Bryan Cranston incarna argumentista de Hollywood caído em desgraça durante a caça às bruxas
Direitos de autor 
De  Euronews
Publicado a
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

“Trumbo” narra a história do argumentista de Hollywood Dalton Trumbo, colocado na Lista Negra devido às suas ideias políticas. A ação desenrola-se

PUBLICIDADE

“Trumbo” narra a história do argumentista de Hollywood Dalton Trumbo, colocado na Lista Negra devido às suas ideias políticas.

A ação desenrola-se nos anos 40 em plena histeria anticomunista. O filme segue a luta de Trumbo contra o governo dos EUA e os chefes dos grandes estúdios.

Bryan Cranston, conhecido pelo papel na série Breaking Bad, incarna a personagem principal. O filme acaba de estrear no Festival de Cinema de Londres.

“Cada um pensa o que quiser. Ninguém pode controlar os pensamentos dos outros mas o Trumbo passou um ano na prisão devido à sua ideologia política. Não cometeu um único crime. Isso é errado, em qualquer país civilizado”, considerou Bryan Cranston.

John Goodman incarna o papel do produtor que deu trabalho a Trumbo apesar de ele fazer parte da Lista Negra.

“O mais admirável em Trumbo é o facto de ele ser tão profícuo, excêntrico e corajoso, capaz de defender aquilo em que acredita”, sublinhou Goodman.

Hellen Mirren incarna a figura de uma colunista da imprensa que contribui para a desgraça da personagem. A atriz britânica admite que se fosse colocada numa lista negra, hoje me dia, seria por dizer palavrões.

“Eu digo muitos palavrões e isso gera problemas. Posso ter um mau comportamento, mas, não é de propósito. Há sempre um mal-entendido ou um erro”, gracejou a atriz britânica.

Depois de ter sido banido de Hollywood, Trumbo exilou-se no México e continuou a trabalhar sob pseudónimo com o apoio de grandes nomes do cinema, como Otto Preminger e Kirk Douglas.

O filme chega às salas de cinema portuguesas a 18 de fevereiro de 2016.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Os grandes filmes dos Prémios do Cinema Europeu 2023

Monica Bellucci leva Maria Callas ao Festival de Cinema de Salónica

Realizador alemão Wim Wenders recebe Prémio Lumière em Lyon