EventsEventos
Loader

Find Us

FlipboardLinkedin
Apple storeGoogle Play store
PUBLICIDADE

"Outlaws and Angels", um "western" sádico com a filha de Clint Eastwood

"Outlaws and Angels", um "western" sádico com a filha de Clint Eastwood
Direitos de autor 
De  Francisco Marques
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

“Outlaws and Angels” (“Criminosos e Anjos”, em tradução livre), marca a estreia no grande ecrã como realizador de JT Mollner, cineasta mais conhecido pelas curtas-metragens e alguns pequenos papéis co

PUBLICIDADE

“Outlaws and Angels” (“Criminosos e Anjos”, em tradução livre), marca a estreia no grande ecrã como realizador de JT Mollner, cineasta mais conhecido pelas curtas-metragens e alguns pequenos papéis como ator.

Thanks #Forbes for this incredible breakdown of #OutlawsAndAngelshttps://t.co/Pngj1EikIwpic.twitter.com/JrL4qG8vTt

— JT Mollner (@jtmollner) 17 de julho de 2016

No elenco, encontramos Francesca Eastwood, nada mais, nada menos do que a filha de Clint Eastwood e Frances Fisher. Aos 22 anos, Francesca interpreta uma adolescente de 15 anos, “Florence”, a mais nova das duas filhas de uma família religiosa, cuja casa é invadida por um gangue de assaltantes de bancos.

Francesca confessa estar numa fase de transição na carreira pessoal. “Os meus pais são ambos atores. O meu pai também é realizador. Eu cresci a ir com eles ou a visita-los nos estúdios, a vê-los e a ouvi-los. Recebi muitos conselhos. Estou num momento da minha vida em que estou a deixar de receber os conselhos paternos para passar a receber conselhos profissionais. É excitante”, admite a jovem atriz.

Chad Michael Murray interpreta o líder do gangue. Os criminosos começam a abusar psico e sexualmente dos membros da família. A adolescente “Florence” assume um papel central e seduz “Henry”. Descrito como um “western” inspirado na obra de Quention Tarantino, mas não tão feliz em termos de resultado, “Outlaws and Angels” evolui para um filme onde algumas cenas de sadismo chegam a tomar conta da história.

O ator Chad Michael Murray vê neste filme muito mais que um simples filme de “cowboys”: “É uma história intemporal. Podia acontecer em qualquer época. Os problemas expressos neste filme poderiam acontecer em qualquer altura. Podiam acontecer hoje. O filme funciona em termos geográficos como um ‘western’, é um bom contexto, é uma excelente personagem para a história, mas o conjunto não é assim tão específico que tenha de ser descrito como um ‘western’.”

Press day for #Outlaws&Angels coming out Friday! outlawangelfilm</a> <a href="https://twitter.com/jtmollner">jtmollnerFrancesca_E</a> <a href="https://twitter.com/Frances_Fisher">Frances_Fisherpic.twitter.com/hM8DNywVXF

— Chad Michael Murray (@ChadMMurray) 12 de julho de 2016

Estreado em janeiro no Festival de Sundance, “Outlaws and Angels” acaba de estrear no circuito comercial de cinema norte-americano e nas plataformas de “Video on Demand”. O lançamento comercial no mundo lusófono não foi ainda anunciado.

“She's only 15!” Watch this exclusive clip from #OutlawsAndAngels with chadmmurray</a> & <a href="https://twitter.com/Francesca_E">Francesca_E!https://t.co/IZdWNyq0vq

— MovieTickets.com (@MovieTickets) 13 de julho de 2016

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Clint Eastwood completa 90 anos e não pensa em reformar-se

Os grandes filmes dos Prémios do Cinema Europeu 2023

Monica Bellucci leva Maria Callas ao Festival de Cinema de Salónica