EventsEventosPodcasts
Loader
Encontra-nos
PUBLICIDADE

"Uma diva fora de tom": A história de uma mulher apaixonada pela vida

"Uma diva fora de tom": A história de uma mulher apaixonada pela vida
Direitos de autor 
De  Nelson Pereira
Publicado a
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

O filme Florence, uma diva fora de tom passa-se em Nova Iorque, nos anos ’40, e conta a história verídica da lendária Florence Foster Jenkins, uma socialite e herdeira nova iorquina que perseguiu de f

PUBLICIDADE

O filme Florence, uma diva fora de tom passa-se em Nova Iorque, nos anos ’40, e conta a história verídica da lendária Florence Foster Jenkins, uma socialite e herdeira nova iorquina que perseguiu de forma obsessiva o sonho de se tornar uma grande cantora lírica.

O seu companheiro e agente artístico, St. Clair Bayfield, não se poupa a esforços para proteger a sua amada Florence da cruel verdade. Até que esta insiste em dar um concerto no Carnegie Hall, o que vai colocar St. Clair diante do seu maior desafio.

Os papéis principais são interpretados por Meryl Streep e Hugh Grant.

“Nunca interpretei um personagem com tanta alegria de viver. Ao contrário da personagem, a verdadeira Florence enfrentou enormes desafios na sua vida – fisicamente e porque o marido lhe era infiel. Simplesmente seguiu em frente, apesar de tudo, o que me emociona muito”, confessou Meryl Streep. “Ela não viveu a vida na angústia. Estava protegida da verdade sobre o seu talento pelo marido e acho viveu uma vida feliz.”

O filme segue Florence enquanto ela se prepara para sua primeira apresentação pública em larga escala, num Carnegie Hall com lotação esgotada. A interpretação de Meryl Streep revela-nos uma mulher profundamente animada de grande paixão pela música.

Segundo Meryl Streep, “Ela pegou nas árias mais difíceis de soprano coloratura, absolutamente. E estragava tudo a cada vez, mas ela conhecia-as muito bem. Sabia como deviam ser executadas e fez o melhor que conseguia. Descobri, ao ouvir as suas gravações, que não se tratava de ser muito mau, esteve foi perto de ser quase bom e por isso compreende-se que alguém deseje uma audiência e que depois fique decepcionada”.

Enfraquecida por uma batalha de quase meia década contra a sífilis, Florence Jenkins está determinado a dar o seu melhor no concerto, mas não sabe que o interesse do público é motivado pela sua falta de talento. O marido faz tudo para lhe esconder a verdade cruel, permitindo que sua esposa viva pensando que é uma excelente artista de ópera.

O filme estreou em Portugal em finais de junho.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Os grandes filmes dos Prémios do Cinema Europeu 2023

Monica Bellucci leva Maria Callas ao Festival de Cinema de Salónica

Realizador alemão Wim Wenders recebe Prémio Lumière em Lyon