Close e Polanski brilham em Zurique

Close e Polanski brilham em Zurique
De  Ricardo Figueira
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

O cineasta regressou a Zurique, oito anos depois da prisão.

PUBLICIDADE

Glenn Close e Roman Polanski foram as estrelas do Festival de Cinema de Zurique, este ano.

A atriz norte-americana foi homenageada com um prémio de carreira, a celebrar 42 anos de filmes. O papel de mulher pérfida em “Atração Fatal” celebrizou-a. Foi também a Cruela de 101 Dálmatas e a marquesa de Merteuil em “Ligações Perigosas”. O mais recente filme, “The Wife”, de Björn Runge, foi apresentado em Toronto e aplaudido pela crítica.

Roman Polanski regressou a Zurique, depois das más recordações de há oito anos, quando foi detido e passou dez meses em prisão domiciliária, por causa de um velho caso de violação que ainda hoje o impede de visitar os Estados Unidos.

Apresentou aqui o mais recente filme, “D’après une histoire vraie”. Mulher de Polanski na vida real, Emmanuele Seigner contracena aqui com Eva Green. O argumento é de Olivier Assayas, baseado num livro de Delphine de Vigan.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Os grandes filmes dos Prémios do Cinema Europeu 2023

Monica Bellucci leva Maria Callas ao Festival de Cinema de Salónica

Realizador alemão Wim Wenders recebe Prémio Lumière em Lyon