Lyon acolhe exposição de Hugo Pratt

Lyon acolhe exposição de Hugo Pratt
De  Euronews
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Uma viagem entre o real e o imaginário para fazer na cidade francesa de Lyon até 2019

PUBLICIDADE

Uma viagem ao universo de Hugo Pratt, o artista que deu via a Corto Maltese. É o que propõe o museu des Confluences, na cidade francesa de Lyon, com a exposição do autor italiano "Linhas de Horizontes." Um reencontro com a obra de um dos mais importantes criadores de banda desenhada.

Sandrine Delorme/Euronews: "Nesta exposição monumental e labiríntica que nos leva de um universo a outro, temos mais de 50 vinhetas de banda desenhada gigantescas que entram em ressonância com cerca de uma centena de objetos etnográficos que nos mergulham num mundo cosmopolita de um artista veneziano, etíope, argentino, americano, europeu, mas especialmente curioso do mundo."

Uma curiosidade patente no trabalho do artista. O aventureiro, viajante e sonhador Hugo Pratt morreu em agosto de 1995, na Suíça. Tinha 68 anos.

"É, por vezes, um autêntico romancista, outras um ilustrador e um realizador e quando se consegue juntar os três chegamos a tocar o génio da banda desenhada que ele foi. Toda a obra de Pratt é um guia, mas não um guia turístico ou geográfico. Penso num de guia de atitude e de abertura ao mundo" refere Michel Pierre, curador da exposição.

A exposição vai estar patente ao público até 24 de março do próximo ano.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

A exposição de Burtynsky na Saatchi Gallery "abre a cortina" sobre o impacto da humanidade na Terra

A floresta foi a inspiração da nova exposição do fotógrafo francês Vincent Munier

"La tête froide", o filme que traz um olhar diferente sobre a migração