EventsEventosPodcast
Loader

Find Us

PUBLICIDADE

Adriana Gonzalez e Xabier Anduaga: melhores vozes do concurso Operália 2019

Em parceria com
Adriana Gonzalez e Xabier Anduaga: melhores vozes do concurso Operália 2019
Direitos de autor 
De  Euronews
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

O concurso Operalia é um trampolim para os novos talentos da ópera.

O concurso Operalia é um trampolim para as jovens estrelas de ópera. Na última competição em praga, Placido Domingo coroou os novos talentos.

O concurso de ópera mundial foi criado em 1993 pelo maestro e cantor espanhol Plácido Domingo para ajudar a lançar as carreiras de jovens cantores promissores. França, México, Itália, Rússia, Japão e Estados Unidos foram alguns dos países que já acolheram o evento.

Este ano, a competição decorreu em Praga. "Admiro todos os que participam na audição. É incrível haver tantos talentos", referiu Plácido Domingo, presidente e fundador Operalia.

Plácido Domingo, Presidente e fundador do concurso

Seleção dos candidatos

Em 2019, houve mil candidaturas. Os 40 cantores selecionados passaram uma semana a ensaiar e cantaram diante de um júri extremamente exigente.

Para Jonathan Friend, administrador artístico da Ópera Metropolitana de Nova Iorque, a escolha do vencedor obedece a vários critérios. "Será que gosto do som da voz? Será que quero ouvir esta pessoa a noite toda? Será que ela canta bem do ponto de vista técnico e estilístico? É capaz de comunicar emoções ao nível do rosto e do corpo? Será que a pessoa escolheu a ária certa para mostrar o seu talento?", frisou Jonathan Friend.

Como prémio, os vencedores da competição recebem 27 mil euros e são convidados a subir ao palco das melhores salas de ópera do mundo.

Melhor voz masculina

O basco Xabier Anduaga arrecadou o prémio de melhor voz masculina "A voz dele chega aos agudos facilmente e é bem afinada. O som é bom. Ele não tem dificuldades em chegar aos agudos e cantar alto e de forma bela", explicou Jonathan Friend.

"Tento imaginar que estou em palco a cantar ópera e não a participar num concurso ou numa audição. Imagino que sou o protagonista da ópera "La Fille du Régiment". Na minha imaginação não sou eu a cantar, é ele. É um sentimento mais confortável para mim", confessou Xabier Anduaga.

Xabier Anduaga, Tenor

​Melhor voz feminina

Plácido Domingo ficou encantado com a voz da vencedora na categoria melhor voz feminina, Adriana Gonzales. "Desde o primeiro dia, a Adriana cantou de forma maravilhosa", sublinhou o presidente e fundador do concurso Operalia.

"Infelizmente, ainda não temos uma ópera nacional na Guatemala. Espero que isso aconteça um dia", frisou a soprano de 27 anos.

"Havia três professores profissionais de ópera na Guatemala e uma delas morreu na semana passada. Era minha professora. Foi algo lindo ter ganho este concurso e este prémio é também para ela", acrescentou Adriana Gonzalez.

Adriana Gonzalez, Soprano

Portugal representado no concurso Operália

Na edição de 2018, em Lisboa, o cantor português Luís Gomes venceu o prémio de Zarzuela Don Plácido Domingo Ferrer e o prémio do público. O cantor esteve em destaque a nível internacional, depois de ter desempenhado um papel principal numa produção da Royal Opera House, em Londres.

Medici.tv
Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Gianandrea Noseda dirige Orquestra Sinfónica de Londres no Festival de Enescu

A explosão do desejo na Flauta Mágica de Mozart em Viena

Talentoso jovem maestro ganha Prémio Herbert von Karajan