EventsEventosPodcasts
Loader

Find Us

PUBLICIDADE

"Soeurs d'Armes", uma história de mulheres contra o Daesh

"Soeurs d'Armes", uma história de mulheres contra o Daesh
Direitos de autor 
De  Euronews
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Primeira longa-metragem de Caroline Fourest segue brigada de mulheres que combatem contra o Estado Islâmico

PUBLICIDADE

"Soeurs d'Armes", ou "Irmãs de Armas" é a primeira longa-metragem realizada pela francesa Caroline Fourest, uma antiga colaboradora do jornal satírico Charlie Hebdo.

Um filme centrado nos curdos que combatem no Iraque e na Síria contra os extremistas do Estado Islâmico, através dos olhos de uma brigada composta exclusivamente por mulheres.

Caroline Fourest: "Tornou-se necessário para mim, depois de 20 anos como jornalista a cobrir ameaças contra os direitos das mulheres, sobretudo vindas de fundamentalistas em todo o mundo, lutar em ambas as frentes, contra o recrudescimento do fanatismo na Europa e também o aumento do racismo e xenofobia. Achei que documentários e livros não eram suficientes para mim. Precisava de uma nova linguagem, do poder do cinema."

Um projeto ambicioso, que segue o destino de um grupo de mulheres, com um foco especial em Zara, uma jovem da minoria yazidi, particularmente visada pelos jihadistas do Daesh.

Caroline Fourest: "O que podemos fazer com o cinema é mostrar as caras e nomes dos resistentes que não vimos durante a guerra. Não vimos as caras das mulheres que perderam a vida para derrotar o Daesh, mulheres vindas de todo o mundo que se juntaram aos curdos para derrotar o Estado Islâmico."

Uma longa-metragem que também interroga sobre os caminhos que levam ao extremismo...

Caroline Fourest: "Não é uma questão de religião ou cultura, mas explora a ideologia que transforma alguém num monstro."

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Os grandes filmes dos Prémios do Cinema Europeu 2023

Monica Bellucci leva Maria Callas ao Festival de Cinema de Salónica

Realizador alemão Wim Wenders recebe Prémio Lumière em Lyon