Castelo do Drácula assombrado pela pandemia

Castelo do Drácula assombrado pela pandemia
Direitos de autor Vadim Ghirda/Copyright 2016 The Associated Press. All rights reserved.
De  euronews
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Turismo de Halloween sofre transformação "assustadora". Pandemia do novo coronavírus afastou os turistas nacionais e internacionais do covil do vampiro.

PUBLICIDADE

A pandemia assustou muitas almas que costumavam partir à aventura até ao castelo do Drácula, no Dia das Bruxas. O Castelo de Bran, na Roménia, tem uma ligação com o romance "Drácula" do escritor inglês Bram Stoker e, em circunstâncias normais, costuma atrair milhares de pessoas todos os anos.

Desde a publicação do livro em 1897, dezenas de filmes e outros livros foram criados para contar ou reinventar a história macabra do conde.

Este ano as coisas são bem diferentes no castelo: "decidimos imediatamente que qualquer decoração que tenha a ver com a situação sanitária e com as mortes é proibida este ano. Desistimos dos esqueletos e de todo o tipo de alusões à morte", explicou o diretor de marketing do castelo, Alexandru Priscu.

A história do conde da Transilvânia foi substituída por uma história bem real. A pandemia do novo coronavírus afastou os turistas nacionais e internacionais do covil do vampiro.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

A exposição de Burtynsky na Saatchi Gallery "abre a cortina" sobre o impacto da humanidade na Terra

A floresta foi a inspiração da nova exposição do fotógrafo francês Vincent Munier

"La tête froide", o filme que traz um olhar diferente sobre a migração